Tamanho do texto

Vinnie não é muito fã de tosa, e por isso não costuma cooperar com o funcionário do estabelecimento, que decidiu contar isso para a dona dele por meio de um bilhete

Às vezes cães resgatados que sofreram maus-tratos podem ter alguns traumas e ser um pouco antipáticos em algumas situações. Esse é o caso de Vinnie, que recebeu um bilhete de "advertência" do pet shop que frequenta.

“Vinnie não é muito cooperativo. Ele não gosta de ter suas patas e pernas tosadas”, escreveu o funcionário no bilhete.

Leia também: Cão chama atenção por sua aparência incomum e faz sucesso na web

Bilhete de Vinnie arrow-options
Facebook/ Meg Peterson
Bilhete de Vinnie


Quando recebeu o bilhete, a tutora do pet, Meg Peterson, decidiu colocá-lo na geladeira, mas na parte de baixo, onde o animal pudesse “lê-lo”.

Cão olhando bilhete de bronca arrow-options
Facebook/ Meg Peterson
Cão olhando bilhete de bronca

 Em seu Facebook, Meg contou a história do bilhete de advertência e afirmou que Vinnie era bem mais ranzinza. “Ele fez muito progresso desde que chegou, mas parece que só eu percebi”, contou a norte-americana.