A cadela Vênus, que serviu como cão de resgate nas buscas após o rompimento da barragem de Brumadinho, faleceu nesta segunda-feira (22), em Goiânia. Vênus estava grávida e teve que passar por uma cesárea. Complicações da cirurgia resultaram na morte da cadela.

Leia também: Vídeo registra queda de cachorro de sexto andar de prédio

Cadela Vênus
Facebook/ Aconteceu é notícia
Cadela Vênus


Os veterinários fizeram de tudo para salvar a pet, porém ela teve uma hemorragia interna e acabou deixando três filhotes órfãos, que estão bem. Vênus tinha seis anos e começou a trabalhar nas buscas junto ao Corpo de Bombeiros aos 11 meses. Em publicação, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás relembra grandes feitos da cadela.

Leia também: Cadela é morta com água fervente em cidade do Paraná

“Vênus também começou a ser treinada para busca de seres vivos e foi certificada nacionalmente. Em 2016, teve sua melhor ocorrência até então: desvendou um assassinato, em Lagoa Santa, encontrando uma vítima enterrada em um fosso de 15 metros de profundidade. Em Brumadinho, ela foi conduzida pelo Cabo Veloso, e atuou por dez dias, em fevereiro. Em 10 de abril, voltou a Minas Gerais para trabalhar por mais 15 dias para atuar na fase mais técnica da tragédia. Vênus foi um dos cães que mais se destacou no árduo trabalho.”

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários