Tamanho do texto

A gatinha Panther fugiu quando sua dona, Nguhi, precisou sair de casa para fazer faculdade e a deixou com os pais

Nguhi Muturi, moradora de Dallas, Texas, ganhou uma gatinha quando tinha apenas nove anos de idade. Ela foi adotada com alguns meses de vida e recebeu o nome de Panther. As duas tornaram-se inseparáveis ao longo dos anos. Porém, Nguhi cresceu e precisou sair de casa para ingressar na faculdade e sua gata acabou desaparecendo nesse meio tempo. 

Essas 10 imagens irão te convencer a adotar um cachorrinho

A garota ficou muito triste com o sumiço, mas seguiu em frente e superou a perda. Cinco anos depois, um felino muito parecido com Panther apareceu em frente à casa de Nguhi. Para descobrirem se era realmente a gata , os pais da menina olharam para as patas, pois a original não tinha garras nas dianteiras. E surpreendentemente era mesmo Panther. Mas, a pergunta que não queria calar era como ela havia chegado ali após 5 anos de desaparecida. 

Gata Panther desaparece de casa durante cinco anos
Reprodução Twitter
Gata Panther desaparece de casa durante cinco anos

Anos atrás, após a fuga, a gata foi levada para um abrigo em uma cidade a quase 25 km de distância e um tempo depois foi adotada por uma mulher. Ela ficou com Panther durante alguns anos até entregar para seus pais. Coincidentemente, os familiares dessa moça moram na casa ao lado dos pais de Nguhi. 

Pets ao redor do mundo se fantasiaram para  comemorar o Dia de São Patrício

Quando entenderam a louca história vivida por Panther, os vizinhos insistiram para que ela ficasse com os antigos proprietários. No entanto, era inviável para a família de Nguhi cuidar de mais um pet, pois adotaram um novo gato e um Husky Siberiano. "Foi doloroso, mas não posso ficar triste porque isso tudo é surreal", comentou a garota em sua rede social.

Após viver uma história surreal, Nguri reencontrou sua antiga gatinha
Reprodução Twitter
Após viver uma história surreal, Nguri reencontrou sua antiga gatinha

Outra coincidência envolvendo essa história é em relação ao cão. Ele na verdade pertencia aos vizinhos de Nguhi, mas eles começaram a ter dificuldades para criá-lo e a menina passou a cuidar dele. Então, perguntaram se ela não gostaria de adotá-lo. Ao final, as duas famílias acabaram trocando seus bichinhos de estimação.

Postar fotos de gatos totalmente esticados é a nova moda no Japão

Nguhi compartilhou sua história no Twitter. "Não posso acreditar que isso seja real, ainda estou em choque. Eu acabei de aceitar sua morte e do nada ela esta sentada do meu lado ronronando como se nada tivesse acontecido", escreveu a menina sobre a gata.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.