Tamanho do texto

A plataforma faz com que a pessoa com interesse em ter um novo pet encontre um novo amigo animal compatível com suas expectativas

Os aplicativos de relacionamento amoroso ficam mais famosos a cada dia que passa. Pensando nisso, Andrea Freitas, psicóloga, teve uma ideia um tanto quanto inusitada: por que não criar uma plataforma com o mesmo princípio, mas para a adoção de animais? E foi isso que ela fez. Com as fases de teste previstas para o dia 20 de março, o "Tinder" para pets promete dar uma nova casa para um bichinho abandonado. 

+ 10 motivos para adoção de cachorros

Conheça a plataforma que promove adoção de animais via internet
Shuttersock
Conheça a plataforma que promove adoção de animais via internet


O site de adoção de animais vai funcionar da seguinte forma: as ONGs podem cadastrar 120 animais para adoção e, dependendo do local onde o adotante se localiza, as opções aparecem. Já as pessoas que resgatam animais e dão lares temporários terão direito de cadastrar até 20 animais para adoção.  Se você gostar da imagem do animal que vê, é só dar um gostei  na foto, e, logo depois vai aparecer um texto com as informações sobre o pet. Caso a pessoa decida que realmente vai querer adotar, um questionário sobre a adoção aparecerá para ser preenchido.  Assim que fizer isso, é só aguardar pelo retorno da ONG com a resposta. 

5 dicas para realizar uma adoção com sucesso

Mais do que apenas um novo lar

Segundo Andrea a plataforma não só vai ajudar a dar um novo lar para esses animais, mas também identificar áreas onde o abandono é maior. Animais idosos e com deficiência terão um destaque maior do que os outros, já que estes têm mais dificuldades para serem adotados. 

Além disso, todos os bichos, independente da idade ou deficiência, devem estar em boas condições de saúde. Pedidos de dinheiro e resgates são proibidos e podem ser reportados. 

Tudo isso também ajuda as ONGs a terem uma divulgação maior de seu trabalho, já que muitas tem pouca visibilidade nas redes sociais. Andrea diz que pensa em fornecer roupinhas e acessórios para tornar os animais mais propícios à adoção nas fotos do site.

A ideia é que o site seja gratuito e funcione no Brasil inteiro. Como a fase de testes começará em breve, o nome da plataforma não pode ser divulgado. Esta é mais uma iniciativa com a tentativa de aumentar a adoção de animais. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.