Tamanho do texto

Os gatinhos deixam o pit bull Ozzy muito feliz

Assim como acontece com os gatos e os ratos, é muito comum que as pessoas imaginem que os cães e os gatos são inimigos naturais, uma visão que foi ainda mais reforçada com o passar do tempo com desenhos animados, filmes entre outras coisas que estavam sempre retratando a rixa que existe entre as duas espécies de animais.

+Após o carro enguiçar, motorista se surpreende ao abrir o capô

Spike sticks up for the little guy. Nice work, @chipvalecek! #TomAndJerry #FanArt #Art

Uma publicação compartilhada por Tom And Jerry (@tomandjerrypics) em


Felizmente, nesse aspecto a vida nem sempre imita a ficção, e existem cães e gatos que na verdade conseguem ser muito amigos, como o pit bull Ozzy, um amante tão fervoroso de gatinhos que, depois de anos de frustração, finalmente ganhou o que ele sempre quis: gatinhos para amar e lamber o quanto ele quis.

Já faz alguns anos agora que o cachorro Ozzy está em um amor não correspondido por um gato chamado Norm. 

Ozzy foi adotado há mais ou menos três anos por uma família que vive no sul da Califórnia, nos Estados Unidos, e sua família consiste em três crianças, dois adultos e Norm.

O pit bull de nome Ozzy passou todos os seus dias tentando se aproximar de seu irmão felino, mas Norm não estava facilitando as coisas nem um pouquinho.

"O gato rabugento sempre acaba espantando Ozzy," diz Jennifer Lajeniss, dona dos dois animais.

Você pode se sentir triste por Ozzy, mas ele tem muitas outras coisas maravilhosas com as quais ele pode se ocupar durante o dia, como o filho de cinco anos de idade de Lajeniss, que Ozzy considera ser o seu próprio filho - e pés, pois ele possui um "fetiche sério por pés," explica sua dona Lajeniss.

 Ozzy é tão bondoso e doce que ele corre na direção de todo o carrinho de bebê que ele avista, para colocar sua cabeça para dentro e distribuir muitos beijos. Lajeniss brinca que se algum dia ladrões aparecessem em sua casa, seu pit bull Ozzy iria oferece-se para segurar a lanterna deles, perguntar como eles passaram o dia e por fim iria logo mostrar a televisão para eles. Não existe nenhuma criatura viva com a qual Ozzy não queira fazer amizade assim que ele a conhece.

 Mas nada poderia consolar Ozzy enquanto ele não tivesse o seu próprio gato.

Felizmente, os sonhos desse cachorro tão querido e bondoso com todos que estão ao seu redor finalmente se tornaram realidade há um mês.

Pit bull obcecado por gatos ganha a sua ninhada de gatinhos
Reprodução
Pit bull obcecado por gatos ganha a sua ninhada de gatinhos


No final do mês de junho, Lajeniss resolveu que iria adotar e cuidar de uma gata da vizinhança de nome Winnie que se encontrava grávida. Winnie estava vivendo na rua, e Lajeniss ficou muito preocupada com o seu bem estar, principalmente enquanto ela estava carregando outros gatinhos em seu ventre, que precisavam de um local calmo para poderem nascer e viver com conforto e saúde.

Mais ou menos há um mês, Winnie deu luz a cinco gatinhos. Ozzy está se sentindo no paraíso desde que isso aconteceu, e ele finalmente pode realizar o seu sonho de brincar com gatinhos que o amam de volta da mesma forma que ele os ama e demonstra um enorme carinho por eles constantemente durante o dia. 

Ozzy é o tio mais atento que um gatinho poderia querer ter. Ele é muito carinhoso, diz Lajeniss, e fica muito preocupado todas as vezes que ele escuta um dos gatinhos chorando - e ele fazia a mesma coisa com o filho de Lajeniss quando ele era um bebê e chorava.

 Os gatinhos querem ficar sempre perto de Ozzy, e deixam que ele lhes dê banho, o que deixa o cachorro da raça pit bull muito feliz e satisfeito.

"Desde que nós passamos a permitir que Ozzy interaja com os gatinhos ele está muito feliz," afirma sua dona Lajeniss.

A mãe dos gatinhos, Winnie também gosta de Oxxy. "Ela fica perto de Ozzy quase que para agradecer por ele cuidar de seus filhotes enquanto ela está descansando um pouco," diz Lajeniss.

Mas o que vai acontecer quando os gatinhos forem adotados e encontrarem famílias novas?

Quatro dos gatinhos serão adotados, assim que eles forem velhos o suficiente para isso - mas Winnie e um de seus bebês, o que recebeu o nome de Troublemaker, farão parte da família de Ozzy permanentemente.

"Ozzy nunca desiste do amor," conta sua dona Lajeniss. E parece que o amor também não desistiu do Ozzy!

Uma das melhores coisas que Ozzy tem para oferecer ao mundo é o seu amor, que pode ajudar em muito a quebrar o mito de que cachorros como pit bulls e rotweillers são muito perigosos, e devem ser mantidos a distância de crianças e famílias no geral. Se até mesmo os gatinhos adoram o doce e brincalhão pit bull, ele obviamente não tem problemas em se dar bem com a sua família e com as crianças que o cercam, e muitos cachorros da mesma raça possuem o mesmo tipo de temperamento de Ozzy, e muitas vezes são jogados a escanteio pelo simples fato de serem pit bulls ou rotweillers.

Você pode se surpreender ao adotar algum cachorro dessa raça que lhe dará muito amor, carinho e felicidade, sem nenhum medo e amarras que precisem restringir o seu contato com o cachorro que você resolveu adotar. Tudo depende também da conduta usada para ensinar e adestrar o cachorro quando ele ainda é novo e mais maleável a aprender coisas novas e a aceitar receber ordens de outras pessoas ao seu redor. 




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.