Tamanho do texto

Algumas pessoas contaram, nas redes sociais, situações em que reencontraram seus animais

Nem todo mundo acredita em espírito, fantasma, terror ou forças sobrenaturais, mas algumas pessoas já passaram por situações que desafiam o conhecimento sobre esses assuntos. Inclusive, há relatos que citam  cachorros fantasmas e, apesar de também serem engraçadas, essas histórias deixaram muita gente com a pulga atrás da orelha.

+Cães solitários de um abrigo se tornaram melhores amigos

Perder animais de estimação nunca é fácil e em alguns casos demora bastante para se superar, mas algumas atitudes podem melhorar a situação ao longo do tempo. E, para mostrar que esses pets ficam sempre em nossa memória, essas histórias de " cachorro fantasma " provam o amor existente entre um tutor e um pet (mesmo que as histórias pareçam bastante duvidosas). Foram publicadas na rede social Reddit.

1. Encontro noturno

via GIPHY

"Na verdade isso aconteceu várias vezes depois que meu cachorrinho se foi. A gente conseguia ouvir o 'ronco' dele, enquanto ele dormia, durante a noite, mesmo muito tempo após morrer. Ele passou tanto tempo fazendo isso, eu acho que ele queria voltar para ter certeza que estávamos bem", escreveu o usuário Moonblade89 no Reddit.

2. Sheena, a Chow Chow

via GIPHY


"Minha família tinha uma Chow Chow chamada Sheena. Ela foi um presente do meu pai para minha mãe no Dia das Mães, exatamente no ano em que nasci. Há, mais ou menos, 10 anos, Sheena ficou bastante doente e os veterinários não conseguiram ajudar muito porque ela já era bem velhinha. No dia anterior ao que a gente tinha marcado para colocá-la para dormir, ela entrou em um sono profundo e não acordou mais.  Infelizmente, ela tinha nos deixado.

Apesar disso soar assustador, a cadelinha costumava sentar no sofá da minha mãe e tinha mania de se coçar. E era possível ouvir um barulhinho constante desse hábito. Até hoje se você sentar no sofá, no lugar onde ela estava, é possível escutar o mesmo som de antes. Isso fez minha mãe chorar e ela disse 'Vá dormir, Sheena' e isso a fez parar", relatou o usuário Dontcallmepink.

3. Rabinho abanando

via GIPHY


"Um dia, eu estava na casa de um amigo, jogando videogame na sala de estar, sentados na cadeira olhando diretamente para TV. De repente, a minha visão periférica capturou um rabinho preto abanando sem parar, mas eu preferi ignorar por um tempo. Depois desse dia eu perguntei para meu amigo se ele já teve cachorro e ele confirmou, aí tive certeza do que vi. Ele me contou que teve um peludo de médio porte e da cor preta. Porém ele desenvolveu alguns problemas de saúde que o deixava debilitado e faleceu. Falou também que só a família dele conheceu o pet e foi bem antes de eu mesmo conhecê-lo", compartilhou o usuário Nothosonomia.  

4. Jobu, o Pug

via GIPHY

"12 atrás, minha família tinha um pug , nomeado de Jobu, e foi um dos cães mais incríveis que eu já tive. Quando ele tinha em torno de 1 ano e meio ou dois, meu pai pegou uma gripe muito forte e ficou retido no próprio quarto por semanas - e fiquei muito tempo sem chegar perto dele para evitar a contaminação.

Meus pais tinham a superstição de que se um membro da casa estivesse doente, o cachorro daria sua própria vida pela da pessoa, como forma de amor. Repentinamente um dia Jobu parou de ser tão brincalhão e começou a recusar a comida. Levamos ele no veterinário, que não encontrou nada de errado com a saúde dele e encontramos ele morto alguns dias depois, no jardim.

Sem querer, meu irmão disse que antes de Jobu morrer ele viria a aparição de uma mulher de branco localizada embaixo da mesma árvore onde o cão morreu e observando-o enquanto ele 'se ia'. Depois de enterrado no local, a mulher parecia estar sempre ali e meu irmão conseguia ouvir o latido do nosso cachorrinho. De repente ela parou de aparecer. Jobu ainda está tentando cuidar de nós e reaparecer mesmo depois de nos deixar", contou o usuário Depthakote.

E você, conhece alguma história de cachorro fantasma que voltou para demonstrar amor?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.