Tamanho do texto

Ele cuida dos pássaros que eram de sua esposa com todo o amor e carinho

É sempre muito difícil se adaptar a vida quando você perde alguém que você ama muito, e que fez parte da sua rotina por muitos anos. Seis anos atrás, Michael Petruzzi perdeu a sua mulher para o câncer - mas de alguns modos, ela nunca realmente foi embora.

+Papagaio imita voz da dona e faz compras online sem ela saber

Por todo o tempo em que Michael a conheceu, sua esposa foi uma ávida amante dos pássaros. Por toda a sua vida, ela adotou inúmeros companheiros com penas que ela considerava membros de sua família. Michael também sempre gostou deles, mas adimite que ele não conseguia entender a razão para ela ser tão devotada a eles - chegando a não aceitar oportunidades de viajar só para continuar próxima de seus pássaros.  

"Eu nunca soube o quanto ela os amava," disse Michael. "Ela não tinha filhos. Eles eram os seus bebês."

Agora, Michael diz que ele compreende.

Homem que perdeu a esposa encontra paz cuidando de seus pássaros
Reprodução
Homem que perdeu a esposa encontra paz cuidando de seus pássaros


Quando a mulher de Michael ficou doente, ela tinha vinte pássaros sob os seus cuidados: "Ela adotava tantos. Pois ela os amava," diz Michael.

Quando seu câncer começou a progredir, Michael passou a aprender mais sobre os pássaros e como tomar conta deles - mas tantos pássaros de uma vez era difícil para um novato lidar. Então, quando ela morrei, os amigos da mulher de Michael foram ajudar, acolhende doze de seus pássaros e o deixando com oito que ela pensou que combinavam mais com ele. E depois de um tempo, Michael passou a entender por que a sua mulher possuía um afeto tão grande com esses animais.

"Eu nunca soube que pássaros poderiam ser tão amáveis," ele diz. "Eles são os meus bebês agora. Eu acho que os amo tanto pois eles me lembram muito da minha mulher. Eu amo e a sinto através desses pássaros. Eles me deixam feliz quando eu estou triste."

+Cachorro conforta gatinha que perdeu sua família

Já se passatam seus anos desde que ele perdeu a sua esposa, mas Michael ainda chora quando fala dele. Agora, quatro pássaros que ela havia deixado para ele morreram de velhice. Mesmo assim, ele ainda toma conta dos outros quatro pássaros que sobraram sob os seus cuidados - criaturas que a sua mulher amou profundamente.

"Eles são a minha família agora," ele diz. "Eu encontrei a paz com os meus pássaros."

Michael continuará a cuidar deles para sempre, pois assim a memória de sua esposa continuará viva da melhor forma possível. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.