Tamanho do texto

O caso gerou revolta nas redes, rotulando a família de cruel

Marina Esmat concordou em dar ao seu filho o cachorro do Máscara porque o garoto se apaixonou pelo animal de estimação do personagem de Jim Carrey no filme.  No entanto, à medida que o animal foi crescendo, as orelhas dele foram mudando e começaram a subir. Isso deixou a família insatisfeita com a aparência dele.

Veja mais:  Cachorro abandonado ganha emprego em posto de gasolina

O cachorro foi comprado por Marina ainda filhote, com seis semanas de vida. Após um mês, a começaram a perceber que havia algo estranho nas orelhas do animalzinho, não era normal aquilo estar acontecendo. Ele não estava mais parecendo o cachorro do Máscara . Para combater o "problema", usou pesos e até mesmo cola na tentativa de fixar as orelhas para baixo. As tentativas não funcionaram. 

Jim Carrey segurando o cachorro do máscara
Reprodução Pinterest
Jim Carrey segurando o cachorro do máscara

Então a família decidiu procurar um cirurgião plástico. Eles queriam fazer um procedimento estético para abaixar as orelhas do pet. "Os médicos tentaram nos convencer a não fazer, mas decidimos que seria melhor continuar com a ideia", contou Marina ao Daily Mail. A decisão de prosseguir com a cirurgia contrariou todos os conselhos dos veterinários.

"Essas pessoas entraram em contato com a clínica pedindo aos veterinários para abaixarem as orelhas do cão. Falamos que essa cirurgia não tinha uma boa justificativa e mesmo assim os donos insistiram muito, explicou o cirurgião Andrey Mezin, que ainda reforçou que a operação era "desnecessária".

Cirurgião com o cachorro da família após a operação
Reprodução
Cirurgião com o cachorro da família após a operação

Mas não teve jeito e o procedimento acabou sendo realizado. Nele, os veterinários feriram a cartilagem e deixaram a orelha caída. "A proprietária do cão insistiu fortemente, pois queria um animal para competições. Nesses eventos, existem certos critérios para este tipo de raça", disse.

Veja também:  Projeto que proíbe sacrifício de cães e gatos sadios é aprovado na Câmara

A história do cachorro do Máscara caiu nas redes e indignou os internautas. Muitos ficaram furiosos com o ato, rotulando-o "cruel" e descrevendo a família como "torturadores".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.