Tamanho do texto

Descubra curiosidades sobre esse animais incríveis

Todos nós estamos familiarizados com os patos , mas mesmo assim é muito provável que você não conheça todos esses 14 fatos muito curiosos sobre os patos que foram separados na matéria a seguir. Saiba mais sobre esse animais fascinantes com uma lista de 15 coisas que você não sabia sobre os patos:    

+Homem que perdeu a esposa encontra paz cuidando de seus pássaros

1. Família


Todos os tipos de patos fazem parte da família de pássaros Anatidae, que também inclui gansos e cisnes. Existem diferentes espécies de patos que se encontram espalhadas pelo mundo em todos os continentes, com excessão da Antártica. Algumas espécies de patos, como o Pato-real se encontram no mundo inteiro, enquanto outras espécies se encontram em áreas bem mais restritas.

2. Penas


Todos os patos possuem penas que são altamente resistentes à água como o resultado de uma estrutura de penas muito complexa e uma camada de cera que se espalha por cada pena do corpo do animal. As penas de um pato são tão resistentes à água que até quando o pato nada submerso na água, a camada mais profunda de suas penas bem próximas de sua pele continuarão completamente secas. A glândula uropigial que se encontra na base se seu rabo produz aquele óleo encerado que cobre as penas tão bem, e muitos outros pássaros possuem a mesma glândula.

3. Sem perda de tempo

A post shared by BamBam (@bambam_theduck) on


Os patos são precoces, o que quer dizer que os seus filhotes já são capazes de andar e deixar o ninho algumas horas depois de terem chocado de seus ovos. Isso ajuda a proteger os pequenos patos de predadores, já que eles não precisam ficar na vulnerável área do ninho por muito tempo. 

+11 animais engraçados e nada fotogênicos para divertir seu dia

4. No lugar certo 


Uma pata irá levar os seus filhotes para andar bastante depois deles terem chocado dos ovos para encontrar uma fonte de água boa para nadar e se alimentar. Assim que as penas do filhote de pato estão secas depois de ter chocado do ovo, ele será capaz de nadar. Não é difícil ver pequenos patinhos nadando atrás de suas mães.

5. Proteção


Os patos machos possuem uma plumagem parecida com a das fêmeas que eles usam depois da estação de reprodução por mais ou menos um mês até que as suas novas penas cresçam. Durante aquele mês, eles estão completamente vulneráveis para os seus predadores. Nesse tempo, muitos patos machos ficam em áreas remotas e isoladas ou se juntam para protegerem uns aos outros.

6. Amor livre 

A post shared by Afaan Fuzail (@afaan_fuzail) on


 A maior parte das espécies de patos são monogâmicas durante uma estação de reprodução, mas os patos normalmente não se juntam para a vida toda. Ao invés disso, eles irão procurar por novos parceiros todos os anos, escolhendo o mais saudável, o mais forte e o melhor par que poderá ajudá-los a passar os seus genes para uma nova geração de patos.

7. Mães fazem de tudo pelos seus filhos


Quando está construindo o seu ninho, uma pata irá enchê-lo com macias penas que ela puxa de seu próprio peito. Isso dá aos ovos o melhor acolchoado possível e os isola, além de expor a pele da pata para que ela consiga manter os ovos quentes com mais eficiência. Outros materiais comuns dos ninhos dos patos incluem grama, lama, galhos, folhas e outros materias do tipo.

8. Sem ser muito exigente

A post shared by joachim (@derj0ach1m) on


Os patos são onívoros, e comedores oportunistas irão comer grama, plantas aquáticas, insetos, sementes, frutas, peixes, crustáceos e outros tipos de comida. Alguns patos são mais especializados em suas necessidades quando o assunto é a dieta, mas a maior parte dos patos pode se adaptar bem a diferentes fontes de alimentos. Isso ajuda a garantir que eles sempre terão comida adequada para comer.

9. O bico

A post shared by ZizziSophie (@zizzi_sophie) on


O bico de um pato é especializado em ajudá-lo a se forrar com lama e retirar comida da água. A ponta do bico é mais dura e ajuda com o forramento, e as lamelas, estruturas que se encontram nos lados do bico, retiram pequenos insetos e crustáceos da água.

+Aos 32 anos, falece o gato mais velho do mundo

 10. Quack?


 Muitos patos machos são silenciosos, e na verdade poucos patos realmente fazem o som de "quack". Ao invés disso, sua comunicação pode incluir diferentes tipos de sons. As fêmeas também podem fazer uma vasta gama de diferentes barulhos, e elas são normalmente mais vocais do que os patos machos.

11. Quack quack quack quack...


É um mito que o barulho de "quack" feito por um pato não ecoa. Isso foi conclusivamente provado por diferentes testes acústicos, e já foi até tema de programas de televisão que se propõem a verificar se alguns mitos são reais. Se você ouvir um dos raros "quacks" que um pato produz, ele irá sim ecoar.

12. De estimação


Os patos têm sido domesticados como animais de estimação e de fazenda por mais de quinhentos anos, e todos os patos domésticos são descendentes ou do Pato-real ou do Pato-selvagem. Os Patos-reais, especialmente são fáceis de reproduzir com outros tipos de patos.

13. Quarenta


É o número aproximado de raças de patos domésticas que existem hoje. O todo branco Pato-de-Pequim é a variedade mais comun, criada por seus ovos e carne, especialmente em grandes fazendas comerciais. Organizações menores ou fazendeiros individuais normalmente tentam raças de pato diferentes dependendo de suas necessidades e gostos.

+Cadela mantida em porão agora vive aventuras com o seu novo dono

 14. Na ficção

A post shared by Disney (@disney) on


Por conta de nossa familiaridade com esses animais e sua natureza cômica, os patos são normalmente mostrados no mundo da ficção. Os dois patos mais famosos são o Pato Donald da Disney, que nasceu em 1934, e o Patolino dos Looney Tunes, que nasceu em 1937, dois personagens que são muito queridos pelo público mesmo depois de muitos anos de sua criação. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.