Tamanho do texto

A análise feita entre meninos e meninas de 12 anos prova que animais de estimação estão mais queridos

Recentemente, o cão tem se tornado não só o melhor amigo de muitos adultos, mas principalmente das crianças. E isso foi provado por um estudo liderado por pesquisadores da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Os resultados, divulgados semana passada no Journal of Applied Developmental Psychology, mostram que crianças se sentem melhor na companhia dos animais de estimação. Além disso, demonstram preferir o relacionamento que têm com os bichinhos do que com seus irmãos ou irmãs.

Leia mais:  Conheça os 10 cachorros mais caros do mundo

Crianças têm mostrado melhor relacionamento com animais de estimação do que com irmãos
Reprodução/ Shutterstock
Crianças têm mostrado melhor relacionamento com animais de estimação do que com irmãos




A avaliação deixa claro que ter animais de estimação em casa pode melhorar o desenvolvimento das crianças, o que inclui habilidades sociais e o bem-estar emocional.  Em comunicado, Matt Castells, líder do estudo, afirma que o grupo quer saber quão fortes são essas relações com os animais quando comparadas a laços familiares mais próximos. Também afirmou que esse processo pode ajudar os estudiosos a entenderem como os animais podem influenciar de forma positiva o desenvolvimento saudável da criança.

Para poder fazer a análise, o grupo de pesquisadores entrevistou jovens de 12 anos de 77 famílias. Estas tinham no mínimo um animal de estimação de qualquer tipo e mais de um filho em casa. As informações coletadas mostraram que as crianças parecem ter um relacionamento mais amigável com seus bichinhos do que com seus irmãos, o que era mais acentuado em famílias que possuíam cães.

Crianças optam por animais de estimação em vez de irmãos.
Reprodução
Crianças optam por animais de estimação em vez de irmãos.


Para Cassels, o fato de os animais de estimação não conseguirem conversar e serem acríticos facilita a relação entre eles e as crianças, já que não tem ninguém para contrariá-las e também porque os bichinhos dão muito amor. 

Veja também:  Saiba quais são os cachorros mais indicadas para crianças

A pesquisa também aponta que meninas estabelecem relacionamento mais estreito com os bichinhos do que os garotos, apesar de em estudos anteriores o resultado ter dado o contrário. 

“O apoio social que os adolescentes recebem dos animais de estimação podem sustentar o bem-estar psicológico posteriormente, mas ainda há o que aprender sobre o impacto a longo prazo dos animais no desenvolvimento das crianças”, diz Nancy Gee, pesquisadora do Centro de Nutrição Animal WALTHAM e coautora do estudo. Além disso, a autora afirma que cada vez análises provam que os animais de estimação vêm desempenhando uma função importante no desenvolvimento humano. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.