Tamanho do texto

Além dos animais viverem mais, os donos podem economizar bastante com o tratamento de doenças descobertas de forma tardia

Apesar de os animais de estimação serem cada vez mais considerados membros da família, tal tratamento não costuma se estender para os cuidados com a saúde. Claro que existe uma grande preocupação relacionada a alimentação e bem-estar do bichinho, mas exames preventivos não costumam ser procurados pelos tutores. 

Leia também: Conheça as principais doenças de cachorros, a prevenção e o tratamento delas

Enquanto os humanos costumam ir em um médico especialista (cardiologista, ginecologista, endocrinologista, entre outros) anualmente, para fazer uma bateria de exames preventivos para o conhecido "check-up" na saúde, os animais de estimação costumam ser levados ao veterinário apenas quando algum problema aparece. 

Levar o animal ao veterinário regularmente para fazer exames preventivos pode prolongar a vida dele
shutterstock
Levar o animal ao veterinário regularmente para fazer exames preventivos pode prolongar a vida dele

O médico veterinário e diretor da rede Animal Place, Jorge Morais, explica exatamente isso. “Na maioria das vezes, os tutores só procuram um especialista quando o pet começa a demonstrar alguns sinais de doenças.”

Mas, para Jorge, a importância de uma cultura de prevenção também para os animais é muito grande. “A avaliação de rotina deve ser realizada ao menos uma vez ao ano. Exames de sangue, eletrocardiograma e diversos tipos de ultrassonografias são alguns dos testes que podem ser solicitados de maneira preventiva, para verificar se está tudo bem com o bichinho”, explica o veterinário.

Leia também: Focinho de cachorro quente e seco indica doenças? Saiba tudo sobre

Os exames são pedidos após uma consulta tradicional com o veterinário de confiança da família. O de sangue, por exemplo, pode identificar infecções ou células cancerígenas que apenas a análise visual não identifica. Outro exame importante é o de fezes e urina, que pode detectar a presença de verminose ou indicar que a alimentação do bichinho não está adequada as necessidades fisiológicas dele. Já o eletrocardiograma é importante para detectar qualquer problema relacionado ao coração do pet. 

O exame de sangue é um dos exames preventivos que podem ser feitos pelos veterinários
shutterstock
O exame de sangue é um dos exames preventivos que podem ser feitos pelos veterinários

Jorge afirma que esses testes ajudam a prevenir ou tratar, desde o início, enfermidades comuns em animais de estimação, como diabetes, insuficiência renal ou cardíaca e tumores que, quando descobertos em fase inicial, têm boas chances de cura.  

Leia também: Como cuidar do gato que sofre com diabetes

Dessa forma, de acordo com Morais, "controlar e resolver antecipadamente possíveis problemas de saúde, não só contribui para a longevidade e qualidade de vida do animal, como garante economia de dinheiro aos donos. Afinal, tratamentos preventivos custam muito menos do que ter que resolver um problema já em estágio avançado”.

Portanto, comece a pensar em marcar consultas veterinárias e exames preventivos anualmente para seu animal de estimação, seja ele um cachorro ou um gato. Essa também é uma forma de cuidar do bichinho e mostrar o quanto você ama ele.