Tamanho do texto

Todas as areias para gatos possuem prós e contras que precisam ser considerados antes da compra

Uma das primeiras preocupações dos donos que acabaram de integrar um gatinho na família é arranjar um lugar para o bichano fazer suas necessidades. Muitos animais costumam dar saidinhas com esse fim, entretanto essa prática é perigosa pois o bichinho se submete a uma série de perigos longe de casa. A caixinha com areia para gatos é a melhor opção nesses casos. 

Leia mais:  7 erros comuns cometidos pelos donos em relação a caixa de areia

Existem quatro tipos de areia para gatos , cada um com suas vantagens e desvantagens específicas. Elas devem ser colocadas em um lugar reservado especialmente para o animal fazer as necessidades, onde não tenha muito movimento. Mantenha a comida e a caminha distantes. A frequência que os produtos precisam ser trocados varia de acordo com o tipo. 

Quais são os tipos de areia para gatos?

Sílica

A sílica é uma areia para gatos extremamente comum no mercado.
Reprodução/ Pixabay
A sílica é uma areia para gatos extremamente comum no mercado.


A sílica é o principal componente da areia e matéria prima do vidro. Nos produtos de higiene para gatos ela está misturada com zeolite e promete durar mais, absorver melhor os desejos e não possuir odores. Ela pode ser encontrada no formato de cristais e bolinhas.

Evite versões perfumadas, esses cheiros podem acabar incomodando o pet. Por conter composto químicos, a sílica pode causar intoxicações e transtornos intestinais no seu gato caso seja ingerida. Outro contra do produto é o fato dele não ser biodegradável, então cuidado na hora de descartá-la!

Granulado de madeira

O granulado de madeira tem a vantagem de ser 100% natural.
Reprodução/ Pixabay
O granulado de madeira tem a vantagem de ser 100% natural.


A melhor parte do granulado é que o produto é biodegradável, facilitando o seu descarte. Ele conta com uma boa absorção, controle de odores e durabilidade. Outra característica do componente é que, por ser feito de madeira, não levanta poeira ou cria "poças de lama".

O ponto negativo é que o granulado de madeira precisa ser diariamente peneirado para remover os dejetos, o tornando assim inviável para pessoas que passam muito tempo fora de casa.

Veja também:  Areia para gatos caseira: conheça as vantagens e como fazer

Bentonita

A Bentonita é uma areia para gatos que se gruda nos dejetos.
Reprodução/ Pinterest
A Bentonita é uma areia para gatos que se gruda nos dejetos.


A bentonita é uma argila de grão fino que conta com um ótimo poder absorvente. Ela se gruda nas fezes e urina do animal se enrijecendo e facilitando a remoção dos dejetos. Entretanto o seu preço é alto e pode produzir odores.

É indicado para aqueles que colocam a caixa de areia em áreas externas.

Sepiolita 

Econômica, a sepiolita precisa ser constantemente trocada.
Reprodução/ Pixabay
Econômica, a sepiolita precisa ser constantemente trocada.


A sepiolita se assemelha muito com a areia comum, entretanto é conhecida como "espuma do mar". Por suas propriedades diferentes pode ser usada para esculpir cachimbos, camafeus e outras joias. Como areia para gatos, ela é barata e funcional, mas forma muita lama e não tem sua absorção tão apurada. Ou seja, é do tipo "usar e jogar fora".

Leia mais:  Saiba como ensinar seu gato a usar a caixa de areia

Sempre observe a reação do bichano com a areia para gatos. Ele pode rejeitá-la e fazer suas necessidades em outro lugar caso não a considere agradável. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.