Tamanho do texto

Os bichanos são os hospedeiros definitivos do parasita causador da zoonose e por isso são bastante crucificados

A toxoplasmose é uma doença que costuma ser associada diretamente aos gatos e o fato de ser uma zoonose - transmissível para humanos - afeta muito a vida dos bichanos. Alguns deles são abandonados ou rejeitados apenas pela possibilidade de carregarem o  Toxoplasma gondii , parasita causador da infecção que pode ser muito prejudicial aos homens. Mas, não é todo gato que está contaminado, além de não ser o único animal transmissor. 

+ Gengivite em gatos atinge a maioria dos felinos idosos e precisa de atenção

Não é todo gato que transmite toxoplasmose
shutterstock
Não é todo gato que transmite toxoplasmose

É verdade que os gatos são os únicos hospedeiros primários do T. gonddi , tornando-se assim os únicos capazes de eliminar os parasitas nas fezes e contaminar outros organismos por meio do contato. Dessa forma, quase todos os seres vivos de sangue quente podem contrair a toxoplasmose . Esses serão os hospedeiros intermediários, que costumam ser representados por cachorros, humanos, ratos, cavalos, pombos, bois e vacas. A diferença entre eles e os gatos é que os primeiros podem manifestar sintomas e só transmitem a doença caso a carne deles seja ingerida crua ou mau passada. A contaminação pode ocorrer também no consumo de verduras e utensílios de cozinha mal lavados. 

Formas de transmissão

O contágio ocorre após a ingestão oocisto do parasita  T. gondii , isso pode acontecer de diferentes formas:

  • Contato direto ou indireto com as fezes contaminadas do gato
  • Ingestão de frutas, vegetais e alimentos mal lavados
  • Ingestão de carne crua ou mal passada de qualquer animal contaminado
  • Leite materno e placenta (mãe contaminada para bebê)
  • Transfusões de sangue 
  • Transplante de órgãos 

 + Gato babando pode ser motivo de alegria ou preocupação

Sintomas

  • Nos animais (cães e gatos): Na maioria das vezes os gatos não emitem sintomas, apenas quando há um problema de imunidade com o animal. Nos cachorros a realidade já é outra e eles podem ser mais afetados. Febre, problemas respiratórios, arritmias vômitos e diarreia precisam ser investigadas à fundo, já que podem ser sintomas da doença. 
  • Nos humanos: A maior parte dos humanos que possuem toxoplasmose não manifesta nenhum tipo de sintoma. As mais afetadas são grávidas ou pessoas com doenças autoimunes, essas podem apresentar problemas oculares, neurológicos, pulmonares, pancreatite e até aborto do feto. 

Diagnóstico

A melhor forma de descobrir se o animal possui toxoplasmose é o exame de sangue
shutterstock
A melhor forma de descobrir se o animal possui toxoplasmose é o exame de sangue


  • Nos animais (cães e gatos): A doença geralmente é descoberta por meio de um exame de sangue. No caso dos gatos, a maior parte das pessoas acha que o exame de fezes é o suficiente, mas isso não é verdade, já que não é sempre que os bichanos eliminam os oocistos. Consultas e exames periódicos são importantes, afinal o animal pode ser infectado a qualquer momento. 
  • Nos humanos: O principal exame é a sorologia, feita por um exame de sangue. Mas é possível também realizar exames de imagens e biópsias para descobrir a presença ou não do  T. gonddi

Tratamento

  • Nos animais (cães e gatos): Após o diagnóstico o tratamento indicado pelo veterinário costuma ser o uso de um antibiótico chamado clindamicina. Outros químicos podem ser indicados dependendo do nível da doença e da situação do organismo do animal. 
  • Nos humanos: Aquelas pessoas que não apresentam sintomas não precisam ser medicadas. Para as que manifestaram problemas de saúde, o tratamento costuma ser a ministração de diferentes medicamentos em conjunto, entre eles estão a pirimetamina, a sulfadiazina e a clindamicina. 

 + Diabetes em gatos? A doença tem se tornado comum nesses pets

Prevenção

A prevenção é relativamente simples e engloba mudanças de hábito no dia a dia. Se a pessoa for dona de gatos, é interessante que mexa na caixinha de areia sempre usando luvas. A limpeza da casa também é extremamente importante. Lavar as mãos antes das refeições e se preocupar com o preparo higiênico dos alimentos também são pontos importantes. 

A carne crua ou mal passada deve ser abolida da alimentação, principalmente quando a opção é oferecida também para os bichanos. Lembre-se, os gatos não são os únicos responsáveis pela transmissão da toxoplasmose e diminuir as possibilidades de expansão da doença depende também dos humanos. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.