Tamanho do texto

Dificuldade para urinar, indisposição e emagrecimento podem ser alguns dos sintomas do câncer de próstata nos cães

Eles são vestidos como adultos – e até fantasiados -, eles comem como pessoas comuns e, por vezes, até agem parecido com os humanos em determinadas situações. A verdade é que os animaizinhos de estimação ocupam, cada dia mais, o lugar de um integrante da família. De qualquer forma, ele ainda é aquele ser indefeso que conquista diariamente nossos corações. Infelizmente não é só nas brincadeiras que eles são humanizados, uma vez que alguns males da nossa espécie também os afetam, como é o caso do câncer de próstata.

+ Cão e gato são companheiros de viagem e protagonizam lindas fotos

Independente da raça, os cães de pequeno porte são os mais atingidos - mesmo que o câncer de próstata possa se manifestar em todos os machos da classe dos mamíferos. A doença acontece, geralmente, quando eles atingem a idade de 9 a 10 anos e ficam mais velhinhos. É aí que, como forma de retribuir todo o amor que nos deram, devemos nos manter informados para preveni-los e tratá-los corretamente.


É preciso ficar atento aos sintomas do câncer de próstata e aos sinais que seu animalzinho  apresenta
reprodução shutterstock
É preciso ficar atento aos sintomas do câncer de próstata e aos sinais que seu animalzinho apresenta

O que é o câncer de próstata?

O câncer, de modo geral, caracteriza-se pelo crescimento exagerado das células cancerígenas em determinado tecido do corpo. A próstata, por sua vez, é uma glândula sexual acessória localizada próximo à bexiga dos animais machos. Portanto, o câncer de próstata é o inchaço dessa glândula, por conta do aumento das células naquela região.

Quais os principais sintomas da doença?

  • Dificuldade para defecar ou urinar, afinal, a proximidade da próstata ao ânus, somada ao inchaço da região, pode interferir no ato;
  • Perceber que o animal está gotejando urina - e se ela sai com sangue;
  • Movimento de locomoção limitado, como subir em móveis ou degraus, também podem indicar uma possível alteração no tecido de próstata;
  • Emagrecimento por diminuição de apetite.

Quais os exames utilizados para chegar ao diagnóstico?

São dois os métodos mais utilizados para diagnosticar o câncer de próstata:

  1. Palpação retal: um exame que possibilita ao veterinário perceber se há alguma modificação no tamanho da glândula. É o famoso exame de toque.
  2. Ultrassom: que dará as especificidades da próstata e como o câncer a atingiu, para que seja possível identificar o tratamento correto.

Quais os tipos de tratamento?

  • Quimioterapia, que alivia dores e desconfortos e, diferente dos humanos, é melhor recebida pelos animaizinhos – já que estes não sentem tantos efeitos colaterais;
  • Cuidados com a alimentação;
  • Uso da medicação correta;
  • Em alguns casos, o animal é castrado ou tem a próstata retirada, o que não ocasiona danos à saúde;
  • Devido à dificuldade de defecar, por vezes, o uso de laxantes é recomendável.

+ Babesiose é uma doença séria e que pode matar o cachorro; saiba mais

É necessário acompanhamento médico para que a doença seja diagnosticada corretamente
reprodução shutterstock
É necessário acompanhamento médico para que a doença seja diagnosticada corretamente

Como prevenir seu cachorro?

  • Exames de rotina sempre são recomendados para a prevenção desta e de muitas outras doenças;
  •  Castrar o animal, já que os não castrados têm maior probabilidade de desenvolver além do câncer de próstata, tumores benignos e infecções.

“Estima-se que 75% dos cães adultos não castrados vão desenvolver tumores benignos chamados de Hiperplasia Prostática Benigna que tem sintomas semelhantes ao tumor da próstata”, alerta a Dra. Renata Setti, médica veterinária especializada em Oncologia e parceira do COMAC.

+ Você sabia que os pets também têm diabetes? Entenda a doença e como tratá-la

É necessário atentar-se aos sinais que seu pet dá. E, em meio a qualquer dúvida, procurar um veterinário que possa diagnosticá-lo e medicá-lo da melhor maneira possível. No caso do câncer de próstata, quanto mais rápido ele for identificado, a chance de prevenção e tratamento será mais eficaz e garantirá uma qualidade de vida ainda melhor ao pet.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.