Tamanho do texto

Entenda a diferença entre alergia e intolerância aos alimentos

Muitas vezes os pets dão um pouco de trabalho para comer e rejeitam determinados alimentos. Embora só a ração já seja completa e rica em nutrientes, legumes e frutas podem complementar a dieta do cão. O acontece em alguns casos é o cachorro estar com o estômago sensível e não conseguir ingerir determinadas comidas. É aí que pode entrar a intolerância alimentar e o tutor acaba nem desconfiando.

+A gastrite em cães pode ser aguda ou crônica e há maneiras de evitá-la

Seu cão está rejeitando certos alimentos? Pode ser intolerância alimentar
Reprodução/ Redes Sociais
Seu cão está rejeitando certos alimentos? Pode ser intolerância alimentar

Assim como os humanos, às vezes, o organismo dos animais não consegue processar certos alimentos e isso pode ter uma série de causas. Seja por alergia ou devido à uma inflamação no estômago, o cão não consegue digerir tudo que ingere ou mesmo sentir o cheiro. O problema é que muita gente considera essa situação apenas mais um dia ruim do pet e não uma intolerância alimentar ou uma enfermidade ainda mais séria. 

Mas afinal, como saber se o cão tem intolerância alimentar?

Alguns sintomas claros podem apontar uma alergia e é importante estar atento. Se o cão apresentar coceira extrema, problemas de pele, pálpebras inchadas e queda de pelos, podem significar uma reação alérgica. Isso ainda vem acompanhado da perda de apetite, além da diarreia e do vômito como consequências da má digestão.

É importante estabelecer uma diferença considerável entre alergia e intolerância. A primeira apresenta mais complicações na pele e a segunda, ao menor contato com o alimento, o animal já quer eliminar a refeição, vomitando ou evacuando.

+Biscoitos para cães podem fazer parte da dieta de seu amigo

Seu cão está rejeitando certos alimentos? Pode ser intolerância alimentar
Reprodução/ Redes Sociais
Seu cão está rejeitando certos alimentos? Pode ser intolerância alimentar

Normalmente, quando o corpo já tem predisposição a rejeitar os alérgenos de um produto, desenvolve-se a alergia, mas se o animal é intolerante é sinal de que houve uma reação rápida porque o organismo não conseguiu digerir o alimento. 

Provavelmente, como também com outras doenças, o animal ficará quieto e mais apático, sem vontade de se movimentar muito, devido ao desconforto.

+Veja as comidas comuns que podem matar seu cachorro

Apesar de não ser tão grave, essa intolerância é bastante incômoda. É o mesmo que acontece com os humanos no caso de não conseguirem ingerir lactose ou glúten.

Também é importante lembrar que certos tipos de comidas realmente não devem ser oferecidos aos pets, já que não faz parte da natureza deles. Nem em épocas festivas muito menos no cotidiano eles devem ganhar chocolate, pão, balas ou qualquer outro alimento desse gênero. Isso é outro fator que pode enfatizar e desenvolver a hipersensibilidade alimentar.

Produtos com lactose, proteína de soja, carne, trigo ou até milho podem desenvolver esse problema.

+Quais alimentos de humanos o cachorro pode comer?

Seu cão está rejeitando certos alimentos? Pode ser intolerância alimentar
Reprodução/ Shutterstock
Seu cão está rejeitando certos alimentos? Pode ser intolerância alimentar

O diagnóstico é dado pelo próprio médico veterinário ou por meio de exames clínicos que deem um panorama geral do corpo. Ao levar o pet ao veterinário é indicado falar de todos os alimentos oferecidos ao animal, para facilitar.

Como tratar?

O mais indicado nesse caso é retirar o alimento causador da intolerância da dieta do cão. É fiundamental observar o animal mesmo depois de um tempo que os sintomas já amenizaram, para garantir a cura total desse problema. Costuma-se, ainda, trocar toda a alimentação do pet e dar novas comidas. Isso deve ser feito, claro, com a supervisão do médico e com as melhores indicações.

Geralmente leva um certo tempo, de um a dois meses até o animal se acostumar e seu corpo voltar ao normal. O mais importante é identificar o alimento que ele rejeita. Feito isso, o tratamento da intolerância alimentar torna-se mais fácil e eficaz.

+Descubra o que você deve fazer se seu cachorro não come ração


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.