Tamanho do texto

As causas da diarreia nos bichanos podem ser variadas, incluindo desde alimentos ingeridos até sérios problemas de saúde

Assim como acontece com os humanos, o organismo dos animais está preparado para defendê-los de um corpo estranho: um alimento que não caiu bem ou vermes, bactérias, vírus e protozoários. A diarreia em gatos, por exemplo, tem por objetivo proteger a mucosa intestinal. 

Leia mais:  Vacinas para gatos são muito importantes para garantir o bem estar da família

A diarreia em gatos pode até matar o animal
shutterstock
A diarreia em gatos pode até matar o animal

Esse sintoma é muito comum nos bichanos, mas pelo fato de que pode ter diferentes causas, merece uma atenção especial. Caso não haja nada mais sério com o animal, a diarreia em gatos costuma passar dentro de poucos dias. Já os quadros duradouros que também possuem febre, falta de apetite e perda de peso são mais graves. Ambos requerem preocupação com a hidratação do pet. 

Principais causas da diarreia em gatos

Como já dito, a diarreia é uma forma de proteção do organismo para diversos fatores, entre eles podem estar: 

  • Alimentação: se a comida do gato foi trocada recentemente por algo mais natural, o problema pode estar vindo daí. Rações desse tipo costumam ter menos fibras, o que pode influenciar na conssistência das fezes. Outro motivo que pode ser relacionado é a infecção alimentar, ou seja, o bichano pode ter comido algo estragado ou não recomendado para ele enquanto vasculhava em casa ou andava sozinho pela rua. 
  • Vírus: as doenças causadas por vírus podem ter entre seus sintomas a diarreia. Algumas delas são bastante perigosas e podem acabar sendo fatais, como a Panleucopenia, a Leucemia Felina (FeLV), a Coronavirose, o  Astrovirus e o Rotavirus. 
  • Bactérias: a infecção por bactérias é menos grave, mas também preocupante. As mais frequentes são a  Campylobacter , a  Escherischia coli e a  Salmonella
  • Parasitas: vermes como Coccidia, Giardia e o conhecido Toxoplasma, causador da Toxoplasmose, causam diarreia e podem ser fatores perigosos para a saúde dos felinos.
  • Envenenamento: gatos costumam ser animais muito curiosos e que gostam de andar pela rua sozinhos, nesses momentos eles podem acabar ingerindo venenos para outros animais , por exemplo o para ratos que é muito utilizado. 
  • Doença inflamatória intestinal: essa é uma doença crônica que atinge um grande número de bichanos. Se a diarreia vier acompanhada de vômitos, é bom desconfiar. 

O perigo da diarreia

Os gatos são animais que naturalmente bebem pouca água, por isso, quando a condição se junta a diarreia, o risco de desidratação se torna eminente. A falta de água no corpo dos bichanos e sintomas como a falta de apetite podem levá-los inclusive ao óbito. 

Se o desarranjo intetinal perssistir por mais de dez diz o quadro já passa a ser considerado crônico e deve estar sendo causado por algo mais grave do que uma simples mudança na alimentação, por exemplo. 

Como tratar a diarreia 

Diarreia em gatos? É preciso levar o animal para o veterinário
shutterstock
Diarreia em gatos? É preciso levar o animal para o veterinário


Muitos donos não querem ter o trabalho de levar o animal para o veterinário e optam por tratamentos caseiros. Isso é um grande risco, já que, além de não ser eficaz, essas medicações podem influenciar na piora no quadro do animal. 

Então, a primeira atitude mais recomendada a ser tomada é ligar para o médico que já está acostumado a tratar do animal e contar todos os sintomas apresentados. Antes de marcar uma consulta presencial, vale perguntar se amostras das fezes serão necessárias para a realização de exames. 

Após a consulta e o diagnóstico realizado, alguns medicamentos devem ser receitados. Mesmo sendo uma tarefa difícil, é importante que eles sejam administrados nas dose e hora corretas. Além disso, observar o animal e tentar detectar novos sintomas ou a melhora dos existentes é essencial. Dessa forma a diarreia em gatos será tratada de uma forma segura e tudo estará sob controle.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.