Tamanho do texto

Veterinária explica que as aves são muito sensíveis aos sons, por isso os fogos de artifício podem causar pânico e acidentes

Fogos de artifício são um assunto polêmico em datas comemorativas, principalmente no Ano Novo. Muitos animais entram em desespero com o barulho estrondoso, e não são só os cães que sofrem com eles, as calopsitas também podem ficar estressadas e sofrer acidentes. 

Leia também: 5 coisas para você presentear a sua calopsita

calopsita arrow-options
shutterstock
As calopsitas têm audição apurada e podem sofrer com fogos de artifício


“Assim como a maioria das aves, calopsitas possuem a audição bastante apurada”, explica a veterinária Juliana Pajosse. “Em época em que os fogos são mais comuns, o ideal é tirar os animais das gaiolas e mantê-los em locais fechados e protegidos”, continua.

Escolha um quarto ou um cômodo que a ave goste de ficar, de preferência que abafe o som. Mantenha portas e janelas fechadas para evitar que o animal se assuste e tente fugir. “Mantê-los em gaiolas pode fazer com que eles sem machuquem de forma bastante grave”, alerta a veterinária.

Outra dica da profissional é colocar sons que a ave goste de ouvir, como músicas ou até programas de televisão. “Isso ajuda a disfarçar o barulho dos fogos de artifício”, completa. Mesmo assim, fique sempre de olho no pet para evitar acidentes e fugas.