Os donos de cachorro sabem que a hora de viajar é sempre preocupante, seja por ter que encontrar um local adequado para deixar o seu pet com segurança ou para programar um trajeto na companhia do animal. No entanto, a gigantesca quantidade de lares com pets no Brasil vem transformando o mercado e atualmente, viajar com cachorro não é mais uma tarefa tão difícil.

+Cheiro de cachorro é difícil de lidar, mas em alguns passos pode ficar fácil

Existem várias opções para quem quer viajar com cachorro , e tanto empresas rodoviárias e aéreas como hotéis dos mais tradicionais já aceitam a presença de pets em suas dependências, o que facilita muito a vida dos donos que não conseguem se separar de seus companheiros peludos.

undefined
Reprodução
Saiba como viajar com seu cachorro de forma mais segura!


Muitos estabelecimentos já são ‘pet-friendly’, aceitando a hospedagem de pets junto com seus donos ou resevando espaços especiais em suas dependências para o abrigo de animais como cães e gatos. 

Entretanto, na hora de viajar com cachorro é preciso ficar atento à uma série de fatores, que devem ser bem avaliados antes de se arriscar em uma aventura com seu pet.

+Seu pet pode ser protegido de parasitas com alguns cosméticos naturais

Conheça alguns pontos fundamentais que devem ser levados em consideração na hora de fazer uma viagem com seu cão:

Transporte de cães

Embora muitos cachorros adorem ser transportados em carros com a face para fora do vidro essa é uma prática extremamente perigosa, que pode desencadear problemas no ouvido do animal. Essa prática também é considerada uma infração grave pelas leis de trânsito, podendo lhe render uma multa e a perda de alguns pontos da sua carteira de habilitação. É por esse motivo que na hora de viajar com seu cão, uma caixa adequada de transporte se faz necessária!

Permissões especiais para o trânsito de cães

 Atestando a saúde do pet e a ausência de doenças contagiosas, o CZI – Certificado Zoossanitário Internacional é o documento válido no Brasil, e é necessário para que todo tipo de viagem possa ser feita sem problemas.

Embora o certificado seja válido internacionalmente, muitas companhias aéreas e rodoviárias (além de alguns países específicos) também fazem outras exigências para que o transporte de pets seja liberado, como o uso de sedativos para acalmar o animal durante o trajeto, por exemplo.

Por isso, é importante lembrar que, na hora de viajar com seu cachorro, é preciso verificar as exigências em relação a animais  no local de destino – além dos itens requeridos pelas companhias que irão te levar ao local escolhido, garantindo que a sua viagem seja a melhor possível!


    Veja Também

      Mostrar mais