Tamanho do texto

A alimentação do animal de estimação é algo muito importante para a manutenção de sua saúde

Oferecer comidas caseiras para cachorro já foi uma prática muito comum, antigamente os donos tinham o costume de oferecer as sobras de suas refeições para os animais de estimação. Com o avanço de estudos e da tecnologia relacionada aos pets foram desenvolvidas rações e produtos específicos que facilitaram a alimentação deles e a vida dos donos. 

+ Sabia que cães podem ter intolerância a glúten?

Oferecer comida caseira para cachorro é uma forma de melhorar a saúde dele e deixá-lo mais feliz
Reprodução Instagram
Oferecer comida caseira para cachorro é uma forma de melhorar a saúde dele e deixá-lo mais feliz

Mesmo assim alguns tutores ainda preferem optar pelo o que consideram mais "tradicional" ou "natural" e oferecer comidas caseiras para cachorro . A escolha precisa ser acompanhada de alguns cuidados extras, afinal, o organismo dos animais não é igual ao humano e eles possuem restrições de temperos e ingredientes. Por isso, é sempre bom ficar atento e seguir instruções de um veterinário de confiança. 

Porque substituir a ração?

Assim como os alimentos prontos que consumimos (congelados, biscoitos...) para otimizar o tempo, a ração para cães é um composto químico que contém conservantes. Apesar de satisfazer e prometer carga de nutrientes completa, não se pode dizer que é algo completamente saudável. 

A maioria das pessoas tem consciência disso, tanto que quando inicia uma dieta ou decide que irá se alimentar de forma mais saudável passa a cozinhar a própria comida. Para os animais esse cenário não é diferente. Além disso, uma comida fresquinha e cheirosa é muito mais apetitosa do que um potinho de ração. 

Os cuidados necessários 

  • Construção do cardápio

Antes de realmente implementar a comida caseira na dieta do animal muitas coisas precisam ser pensadas e planejadas. A primeira delas é o cardápio que precisa ser balanceado e ter a quantidade ideal de acordo com o porte, metabolismo e estilo de vida do cão. 

Com a ajuda de um profissional qualificado a dieta é feita, normalmente, com quantidade proporcional de carboidratos, proteínas e nutrientes. Eles costumam ser representados por carnes magras (bovina, frango e peixe), legumes (cenoura, beterraba, abóbora), frutas (banana, melão), arroz e macarrão. 

+  10 erros comuns na alimentação dos pets

No comedouro a maior parte será de proteína (em torno de 50%). Carboidratos e nutrientes completarão a dieta (25% cada). Os horários e frequências de servir a comida devem ser determinados previamente e seguidos à risca, afinal, se o bichinho estiver com fome ele não terá nada a disposição para comer imediatamente. 

via GIPHY


  • Hora de cozinhar

Uma das perguntas mais frequentes antes de tomar a decisão de trocar a alimentação do cachorro por comida caseira é o trabalho que o dono terá para isso. De fato, o tempo gasto para comprar os ingredientes corretos e produzir o alimento é bem maior do que simplesmente abrir o saco de ração e colocar uma porção no comedouro. Porém, se o tutor está determinado de que a prática será mais saudável para o animal, nada o impedirá. 

Como os cães possuem organismo e metabolismo diferente ao dos humanos, os alimentos também devem ser feitos separados. Sem adição de temperos como cebola, alho, sal ou gordura. O ideal é que tudo seja feito no vapor e esteja bem cozido. Nunca ofereça algo com osso. 

Nunca prepare todas as porções da semana de uma vez só e guarde. A falta de temperos faz com que esse alimento estrague com maior rapidez. Arroz, macarrão e legumes devem ser feitos diariamente e oferecidos frescos para o animal. 

+  Frutas podem complementar a alimentação animal?

  • Onde comprar os ingredientes? 

Preocupe-se sempre em comprar os ingredientes em locais confiáveis. Alguns açougues oferecem cortes de carnes específicos para cães, o que pode facilitar na hora do preparo. Quanto aos legumes, frutas, arroz e macarrão, utilize sempre a qualidade que serve para os integrantes humanos da família. Nunca se esqueça de fazer o procedimento de limpeza desses alimentos corretamente antes de cozinhar. 




    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.