Tamanho do texto

É preciso tomar cuidado com o tamanho da gaiola do animal, assim como o espaçamento entre as grades

As calopsitas são animais populares em todo o planeta. Pequenas e mansas na grande maioria das vezes, elas são aves de fácil manejo e que não exigem grandes modificações na casa. Entretanto, ainda assim é necessário tomar alguns cuidados básicos com os pets, como arranjar uma acomodação adequada. 

Leia mais:  Calopsita: todas as características da ave e os cuidados necessários

A acomodação é necessária mesmo quando a intenção do tutor é criar a calopsita solta. O animal precisa de um lugar só seu, onde possa descansar em um poleiro e ficar limitado em situações em que ela não esteja sob a supervisão de um humano. 

Como escolher uma gaiola adequada para a calopsita?

A principal preocupação que se deve ter na hora de comprar uma gaiola é o tamanho. O largura mínima das acomodações devem corresponder a duas vezes o tamanho das asas da ave aberta. Evitando assim que ela machuque suas asas ao bater nas grades, poleiros ou brinquedos. Quanto maior for o ambiente, melhor.

Analise a possibilidade de você adquirir outras aves no futuro, nesses casos compre a gaiola já considerando o tamanho das duas calopsitas. Animais que ficam muito apertados tendem a se machucar e brigar. 

A acomodação da calopsita precisa ter um tamanho adequado para evitar ferimentos.
Reprodução/ Shutterstock
A acomodação da calopsita precisa ter um tamanho adequado para evitar ferimentos.


A distância entre os arames deve ter no máximo 5cm, evitando assim que o pet prenda as patas ou enfie a cabeça entre as grades. Não use gaiolas destinadas a outras aves, como papagaios, pois o espaçamento é muito maior. Garanta que tenha brinquedos no alcance do animal, para que ele se mantenha ocupado. Aplicar forro na base também é uma boa ideia, facilitando a limpeza do espaço. 

Veja também:  A sua calopsita é arisca? Confira dicas de como amansar a ave

Evite ao máximo gaiolas redondas pois o seu formato não possibilita que os poleiros sejam dispostos de forma adequado. 

Usar grades ou não no fundo da gaiola?

Uma gaiola sem grades no fundo permite que a ave fique mais confortável para andar. Filhotes também são beneficiados, ficando mais difícil que eles caiam entre o espaçamento do gradil por falta de prática. Entretanto, o acúmulo de sujeira pode causar oxidação dos materiais, desconforto e até mesmo problemas de saúde no pet.

Leia mais:  Conheça as 5 melhores espécies de pássaros para ter em casa

Já uma acomodação com grades em seu fundo evita que os animais tenham contato direto com as fezes, preservando melhor a sua saúde. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.