Tamanho do texto

Adestrador da Cão Cidadão explica por que isso acontece e o passo a passo para resolver o problema

Antes de começar este artigo, gostaria de dizer que as dicas a seguir são muito úteis no caso de animais brigando. No entanto, caso veja que a situação da briga pode atingir um ponto em que a sua segurança da família e a dos bichinhos fique em risco, busque a ajuda de um adestrador profissional.

+ Como criar uma amizade entre cachorro e gato

Algumas cenas de animais brigando podem ser vistas com sequencia pelo dono
shutterstock
Algumas cenas de animais brigando podem ser vistas com sequencia pelo dono

É importante entender que os nossos peludos sentem ciúmes. Sim, eles querem atenção! Dependendo de como você age quando chega um novo amigo em casa, o mais velho pode associar esse novo membro da família a algo muito ruim, o que pode gerar muitas cenas desses animais brigando. 

Como agir?

Tenha calma. Sei que é difícil manter a tranquilidade no momento em que a briga está rolando,  mas é fundamental tentar para que as dicas (que deverão ser colocadas em prática) sejam bem-feitas. Veja como funciona.

Pegue um objeto que faça muito barulho, como uma buzina, uma panela que você possa jogar no chão, uma biribinha, uma garrafa pet vazia (essa técnica funciona muito bem - se você bater a garrafa na sua própria perna, o barulho aumenta) ou um molho de chaves. Esses ruídos deverão tirar o foco deles do desentendimento e esse será o momento ideal para você pegar um deles e acabar com a briga.

via GIPHY

Cuidado ao fazer isso! Alguns cães podem apresentar agressividade por transferência e morder o que estiver ao lado, como o próprio dono, por exemplo. Se mais pessoas estiverem junto com você na hora, é uma boa oportunidade para tentar acabar com a situação.

+ Como lidar com gatos brigando o tempo inteiro

Outra opção para separar as brigas de cães é pegar as patas traseiras dos animais para que eles percam o equilíbrio e não consigam morder ninguém. Normalmente essa técnica dá certo.

Nunca tente separar a briga pelo meio, pela cabeça ou colocando as mãos entre eles. As mordidas podem ser bem fortes. Ah, vale ressaltar que também não é legal gritar, pois o barulho alto pode parecer um estímulo para continuarem brigando. Também não jogue nada em seus cães, somente no chão para que o ruído funcione como algo que vai tirá-los do foco da briga.

Para separar brigas entre gatos, também podem ser utilizados objetos e borrifadores de água, mas é bom saber que os gatinhos não desgrudam tão facilmente. Nesse caso, vale jogar uma toalha por cima de um dos briguentos para que você possa pegá-lo sem se arranhar.

Os gatos podem começar a brigar quando atingem a maturidade sexual, lá pelos dois ou três anos de idade. A castração é bem-vinda aos gatinhos também, não apenas para os peludos caninos. Consulte seu veterinário!

Precaução

Quando já temos um pet em casa e adotamos ou compramos outro, geralmente damos mais atenção ao novo morador e paramos de dar carinho ao antigo.

via GIPHY

Por isso é tão importante fazer com que o cão mais velho da casa entenda que a chagada de um irmão é boa para ele. Para isso, faça carinho nos dois ao mesmo tempo, dê petiscos para os dois juntos e brinque sempre com eles. Dessa forma, o mais antigo deverá associar a presença do novo integrante a coisas muito legais.

+ Agressividade de cães: é possível melhorar?

Evite parar o carinho em um quando o outro está se aproximando. Pelo contrário: faça mais afagos principalmente quando os dois estiverem juntos. A base de todo o treinamento consiste em aumentar a intensidade do carinho de acordo com a aproximação do outro pet. Cada vez que um chega próximo a você, o que está no colo tem que ganhar mais e mais petiscos para que associe a chegada do outro no ambiente a coisas boas.

Não esqueça de que o enriquecimento ambiental (muitos brinquedos e atratividades para eles se ocuparem, além de passeios diários) ajuda muito na prevenção da cena dos animais brigando, sedentarismo, problemas de saúde e comportamentais. Que tal aproveitar esse momento para brincar com os peludos?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.