Chuck, gato do rapper Projota, morre por complicações de doença renal
Reprodução/Instagram
Chuck, gato do rapper Projota, morre por complicações de doença renal

A manhã desta quarta-feira (26) amanheceu em luto para o rapper e ex-BBB, Projota. Há pouco tempo, enquanto ainda estava confinado na casa do reality show da TV Globo, morreu Trovão, o cachorro do cantor . Agora se foi o Chuck, gato de estimação, devido a complicações de uma doença renal.

Em seu Instagram, o canto compartilhou um texto em homenagem ao animal, que foi o primeiro gato que adotou na vida. Ele, que assumiu sempre ter sido do “time dos cachorros”, relatou que Chuck fez toda a diferença.

“Vou sentir saudade de você magrelo! Essa manhã o Chuck se foi. Queria falar sobre ele um pouco, porque ele fez toda a diferença na minha vida. Eu nunca tive gatos, sempre fui do time dos cachorros, e nem imaginava um dia ter um gato. Até que eu conheci a Tamtam. Na casa da família dela haviam 3 gatos quando a gente se conheceu, eles ainda estão muito bem inclusive. Eu me apaixonei por eles, e coincidentemente naquele mês eu fui visitar meu irmão que tava morando em Campo Grande. Nesses dias por lá eu me apaixonei pelo gato deles também, e foi mágico, eu tive certeza de que devia adotar um gatinho. O especial é que eu nunca havia adotado um animal, só quando era criança, e eu tinha comprado os meus cachorros. Então começa a fase da mudança”, disse o rapper.

Ele conta que Chuck - que recebeu o nome em homenagem ao ator de filmes de ação Chuck Norris, se deu bem com os cachorros da casa e que, ao contrário da imagem pré concebida que muitos tem dos bichanos, Chuck era apegado à família e muito carinhoso com todos.

Você viu?

“Encontramos um site de uma ONG e lá a divulgação de uma família de Santo André que estava com os filhotes precisando de um lar, fomos até lá buscar o Chuck, pq nos apaixonamos perdidamente pela foto dele. Chuck se deu bem com as cachorras, se adaptou rapidamente, e se tornou nosso grande amor, porque ele era MUITO grudento! Muito carinhoso e apegado a nós. Diferente daquela imagem que eu tinha generalizada sobre gatos, ele era muito ligado a nós e mudou tudo pra mim! Depois dele veio o Malaka, que a gente também adotou também... o que ninguém sabe é quando eu estive separado da Tamtam o Chuck foi meu grande companheiro, a gente se apegou muito, oas dois sentiam falta dela eu acho, e o amor dele foi fundamental pra mim naquele ano”.

Por fim, ele fala sobre Trovão, que adotou após assistir uma peça de teatro que falava sobre adoção de animais. “O Trovao se foi enquanto eu tava no BBB e eu falei que eu tinha medo de perdê-lo no dia que ele faleceu aqui fora, sem saber de nada. Pelo menos dessa vez eu pude estar ao lado do meu amigo até o final. Eu te vi partir e aqui presto minha homenagem a você meu grande amigo gato, Chuck Norris. Obrigado por tudo!”.

Em vídeo, ele contou mais sobre o acontecido: "Hoje infelizmente o dia começou bem triste e bem cedo, para mim. Desde ontem estávamos na correria com o meu gatinho. Perdemos ele hoje. Estava na correria disso, de veterinário ontem à noite. Hoje, às seis da manhã, tive que correr lá porque não tinha mais jeito, mesmo".

Nos stories do Instagram, ele também explicou a causa da morte do pet: "Ele estava com umas complicações no rim, nos pegou de surpresa. Essa semana corremos para levá-lo no veterinário, mas foi tarde demais. Perdemos ele hoje cedo. Chuck, meu gatinho cinza que já apareceu muito aqui. Estou muito triste. Tínhamos acabado de perder o Trovão, e agora o Chuck. Ele era muito novo, tinha só cinco anos. Não estávamos esperando por isso, fomos pegos de surpresa. Ele sempre foi muito saudável, ativo, muito dócil, carinhoso, grude", lamentou.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários