Praia, sombra e água fresca. A rotina do vira-lata caramelo Pit passa longe do que se poderia chamar de "vida de cão". Morador da cidade de Santos, São Paulo, esse simpático cãozinho e seu dono Renan Dias vivem em grandes aventuras pelo litoral paulista.

pit
Reprodução/Instagram/diaspit
Pit foi adotado por Renan Dias e vive uma vida radical


A história dessa amizade começou depois que Pit foi encontrado em uma tubulação no Guarujá. Renan o levou na intenção de encontrar um lar para o bichinho. Porém, os planos mudaram após alguns passeios de bicicleta na companhia do vira-lata.

"Ele estava na minha irmã e lá tem um pit bull. Como a convivência começou a pesar, trouxe ele para casa. Comecei a sair com ele na cestinha da minha bicicleta, aí já era, não doei mais", conta o tutor.


Aos poucos Pit foi se revelando um cãozinho aventureiro. Depois da bicicleta, ele começou a acompanhar Renan em outros esportes. "Primeiro foi a bike, depois caiaque, stand up e até nas minhas motos ele anda... Até capacete eu arranjei para ele! Pulamos até de parapent com ele preso a mim, mas o que ele mais gosta é o caiaque, porque eu paro em praias desertas e ele corre na praia, pois fica solto e livre", conta.


Além desses veículos e do esporte, Pit também acompanha Renan em viagens pelo litoral em um fusca vermelho. Os dois fazem sucesso nas praias e em eventos especializados de colecionadores de fuscas.


Como um bom amigo, Pit cuida muito bem dos veículos do dono. "Estou com o fusquinha há um ano, ele vai na janela e aproveita a viagem. Ele é bem ciumento, se encostar a mão no fusca, no caiaque, na moto e até na bicicleta ele avança. Quando ele tá solto fica bem de boa, mas se está preso comigo ele fica bem ciumento", diz rindo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários