Os benefícios da convivência de uma criança com um cachorro pode ser muito maior do que o trabalho; confira as vantagens

Todo mundo já deu risadas e se encheu de fofura com imagens proporcionadas pela dupla formada por criança e cachorro. Histórias de pessoas que tiveram a infância marcada pela companhia de uma amigo fiel peludo e tudo que foi compartilhado entre eles são emocionantes. É claro que também há o lado difícil dessa relação, afinal, juntar uma criança e um cachorro pode ser motivo para muita bagunça. Por isso muitas pessoas acabam decidindo não ter um animal de estimação em casa

O convívio de criança e cachorro pode ser benéfico para os dois lados
Reprodução
O convívio de criança e cachorro pode ser benéfico para os dois lados

Mesmo assim, se colocarmos em uma balança o melhor desenvolvimento afetivo, educacional e pessoal de uma criança que convive com um pet e o trabalho que a dupla pode dar, com certeza a escolha será juntá-los. Afinal, criança é capaz de fazer muita bagunça sozinha. Confira uma lista com os benefícios dessa amizade. 

Sistema imunológico

Pesquisas comprovam que bebês que convivem diariamente com cães possuem uma tendência maior de serem saudáveis. Isso porque o sistema imunológico da criança é fortalecido pelo fato de o animal representar o contato com o mundo exterior, acostumando melhor o sistema imunológico. Desta forma, o organismo desses bebês consegue combater de forma mais eficaz casos de tosse, coriza e infecções, por exemplo. 

Alergia e dermatite

Outra comprovação médica é a de que crianças que conviveram desde bebê um cachorro apresentam baixíssima incidência de casos alérgicos, asma e bronquite. A dermatite crônica também pode ser evitada. Isso ocorre principalmente pelo fato do sistema imunológico estar fortalecido contra organismo capazes de causar esses problemas de saúde. 

via GIPHY


Afetividade

Cachorros são animais muito carinhosos e afetivos, isso acaba passando para os bebês e elas acabam se tornando mais efetivas e solidárias. A companhia canina ainda prepara a criança para o convívio com outras pessoas, principalmente no ambiente escolar, evitando sensações de egoísmo e contribuindo para melhora da autoestima.

Ansiedade

Outro benefício de ter cachorro é comprovado na redução de ansiedade e estresse. Criança e cachorro apresentam poucos sinais de ansiedade na companhia um do outro. Funciona como um exercício terapêutico, suavizando angústias e medos na certeza da comapanhia de um amigo fiel.  

via GIPHY


Exercícios

A chance de uma criança que tem cachorro ser sedentária é mínima e, consequentemente, ela não sofrerá com a obesidade. Isso ocorre devido ao grande tempo que elas passarão brincando com o cachorro. Essa rotina torna a criança ativa e ajuda no desenvolvimento muscular e respiratório.

Convívio familiar

A presença de uma criança com cachorro também serve como ferramenta para integrar mais a família, seja em passeios ou em brincadeiras em conjunto com o canino. Dessa forma, as crianças passam menos tempo sozinhas e reúnem a família. 

Proteção

Cães possuem um senso de proteção muito grande , ainda mais em casos de fêmeas que já tiveram filhotes. A companhia desde cedo de criança com cachorro ou a cadela fazem o canino a considerar sua família, servindo como um protetor dentro e fora de casa.

via GIPHY


Responsabilidade

Crianças que tem cachorro aprendem desde cedo as noções de responsabilidade, já que elas aprendem questões relativas à compaixão, empatia e lealdade. Ter um animal que precisa de sua atenção e depende de você faz com que a criança aprenda a ter respeito pelo próximo.

Terapia para crianças autistas

A principal questão que afasta crianças autistas do convívio social é a sua maneira única de enxergar o mundo. No entanto, uma das vantagens de se ter cachorro é que a presença de cães facilita a reduzir hormônio de estresse na criança, ajudando ela a se acalmar ao perceber que tem um amigo fiel para todas as horas.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.