O fato de os animais não poderem comer todas os pratos de uma ceia de Natal não significa que eles não devem participar da festa

O Natal é o momento do ano em que toda a família costuma se reunir. Pais, filhos, tios, primos, avós e netos sentam juntos à mesa pra se deliciar com a ceia de Natal e tem momentos de muito divertimento com a troca de presentes, por exemplo. Mas, geralmente, tem alguém que fica de fora dessa história: o animal de estimação. 

Leia mais: 10 alimentos proibidos para os gatos

Os animais podem participar da ceia de Natal de uma forma saudável
shutterstock
Os animais podem participar da ceia de Natal de uma forma saudável

Mesmo que o gato ou o cachorro da casa seja considerado um membro da família, ele não pode comer a maioria, ou se não todas, as comidas que pertencem a ceia de Natal . Então, a maior parte das pessoas prefere não ter muito trabalho e mantê-los fora da confraternização. 

Entretanto, é possível preparar uma ceia para eles ao mesmo tempo que está cozinhando a dos humanos. Tudo de forma muito saudável e sem ter muito trabalho. Para evitar o transtorno do animal ficar pedindo comida para a visita ou que ele coma o que não pode, é preciso prestar atenção em alguns pontos.

Ingredientes da ceia proibidos para animais

A maior parte dos alimentos natalinos faz mal para os animais de estimação. Na lista dos proibidos estão as uvas passas, farofa, chester e peru temperados, ossos cozidos, chocolate, massas fermentadas e qualquer coisa que tiver muita gordura. Portanto, tudo isso deve estar fora da lista de comidas que será oferecida para o bichinho. 

Leia também: Petiscos naturais ajudam a educar e cuidar da saúde do cão ao mesmo tempo

A ceia do animal de estimação

Fazer algo a parte e diferente da ração para que o animal coma junto com o resto da família não é muito difícil. Na hora do preparo da  ceia principal, basta separar algumas coisas e prepará-las paralelamente, garantindo que eles não sejam temperadas com cebola ou sal, por exemplo. 

Os animais devem passar comemorar o Natal junto com a família
shutterstock
Os animais devem passar comemorar o Natal junto com a família

Alguns dos ingredientes interessantes de se colocar na ceia de Natal para animais são: pedaços de frango cozidos sem tempero, legumes feitos no vapor e sem sal (cenoura, brócolis, abóbora, batata, ervilha, entre outros) e algumas frutas como maçã e banana. Se quiser deixar o prato dele um pouco mais atrativo, vale cozinhar um pouco de arroz (apenas cozinhar na água, sem óleo, cebola ou sal) e misturar, mas a quantidade deve ser bem pouca. 

Se as comidas ditas acima não fazem parte das que serão servidas para os humanos, você pode substituí-las, mas sempre se certificando de que elas não fazem mal para o bichinho. Uma conversa com o veterinário é sempre uma boa ideia. 

Outras opções

Você não fará a própria ceia, encomendou de algum restaurante ou combinou com a família que cada um levará um prato. Além disso, tem que arrumar muitas coisas e não vai sobrar tempo para a ceia de Natal para animais. Mesmo assim não quer que seu bichinho de estimação passe a data comendo aquela mesma ração de sempre. 

Leia mais: Por que um cachorro fica com falta de apetite e o que precisa ser feito

A melhor opção para você são as comidinhas prontas natalinas. Algumas empresas produzem panetone, papinhas de sabor chester ou peito de peru e até columbas pascoais para animais de estimação. Os produtos levam apenas ingredientes que gatos e cachorros podem comer. 

Onde colocar a ceia do animal

Isso vai de acordo com o temperamento do bichinho. Se ele prefere estar perto das pessoas e não se importa de comer a Ceia de Natal sem ter muita privacidade, o comedouro pode ser posto na sala mesmo, perto da mesa de jantar. Agora, se ele se irrita com gente tocando nele durante as refeições, encontre um lugar mais reservado. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.