Alexandre Rossi explica o que acontece quando os gatos emitem um barulho muito particular, semelhante a um motorzinho

Olá, amigos do Canal do Pet, tudo bem? Vocês sabem o que é ronronar?

Quem tem gato conhece a sensação deliciosa de ter o bichano no colo, fazendo aquele barulhinho agradável, parecido com um “motorzinho”, o chamado ronronar . Esse tipo de vocalização nos gatos domésticos está muito ligada a momentos em que eles estão tranquilos e relaxados .

O ronronar dos gatos ocorre quando eles recebem carinho
shutterstock
O ronronar dos gatos ocorre quando eles recebem carinho


O ronronado significa relaxamento? 

A realidade não é bem essa. Os gatos ronronam também em outras situações associadas não apenas a sensações boas. Por exemplo, é comum gatas ronronarem intensamente ao dar à luz, nos momentos em que estão tendo contrações, certamente doloridas.

Já ouvi também relatos de bichanos resgatados após atropelamentos, com lesões bem sérias, que estavam ronronando alto. Gatos que estão com algum problema de saúde também podem se afastar, mantendo-se escondidos em algum canto e emitindo o barulho. 

Não se sabe ao certo qual seria a “eficácia” do ronronado nessas situações. Cientistas especulam que talvez a frequência do som produzido internamente tenha alguma função de alívio do desconforto físico . Seria como se os gatos pudessem fazer algo que aliviasse as suas sensações ruins, mas não há evidências ainda que comprovem essa hipótese. 

O ronronado pode ser um chamado 

O ronronado como forma de comunicação desses animais foi analisado pela pesquisadora Karen McComb, que já fez alguns estudos sobre comunicação animal. Ela ficava intrigada com o ronronado diferente que seu gato emitia quando queria comida. Conversando com outros tutores, ela percebeu que alguns dos bichinhos também ronronavam de maneira peculiar quando estavam interessados em se alimentar. 

via GIPHY

Então, ela gravou 10 gatos diferentes ronronando quando estavam relaxados e quando estavam pedindo comida. Foi solicitado a 50 voluntários que ouvissem as gravações e mostrassem as diferenças que perceberam entre os sons. A maioria dos voluntários conseguiu identificar que o ronronado de um gato pedindo comida pareceu mais urgente e menos agradável do que aquele emitido enquanto o bichano estava relaxado.

O pedido de comida tem um pico de frequência mais pronunciado, semelhante a um choro de criança. Ou seja, o ser humano tende a atender esse “pedido” mais rapidamente. Está aí mais uma função do "motorzinho": servir como forma de comunicar uma necessidade.

É preciso analisar o contexto

Antes de afirmar sem sombra de dúvida que um gato ronronando está relaxado e tranquilo, é importante prestar atenção no contexto da situação, verificar se outros comportamentos ou posturas corporais dele estão diferentes, para talvez até identificar alguma necessidade que precise ser atendida no momento.

Vale lembrar que os bichanos também são capazes de se comunicar conosco por meio de suas expressões corporais e vocalizações, além do ronronar. Nós só precisamos “ler” os sinais para entendê-los melhor.

Um abraço a todos,

Alexandre Rossi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.