Guia de Bichos
Papagaio - undefined

Papagaio

  • Nome no Brasil: Papagaio
  • País de origem: Brasil

Tudo sobre Papagaio

Descrição

Existem diferentes espécies de Papagaio, dentre elas estão: Papagaio do Senegal, Papagaio do Mangue, Papagaio do Deo Congo/ Jaco, Papagaio Moleiro, Papagaio Ecletus e o Papagaio Verdadeiro, o mais comum e mais conhecido, geralmente. 

O papagaio verdadeiro tem como principal diferença dos demais a coloração da cabeça, que é azul no topo e bochechas, amarela no topo e ao redor dos olhos. O bico e as narinas são escuros. A plumagem do corpo é verde, com penas vermelhas na asa e extremidades em azul escuro. 

Essas aves têm uma beleza singular e atraem inúmeros olhares e pessoas interessadas. Porém, esse interesse começou a despertar a caça e o cativeiro ilegais, muito encontradas no chamado "mercado negro" de animais. Essa atividade não só maltrata os bichinhos como tende a levar à sua extinção. Por isso, se alguém quiser adquirir um exemplar de Papagaio , o mais indicado é procurar criadouros autorizados e certificados, de acordo com o IBAMA (Instituto Brasileiro de Animais e do Meio Ambiente). 

Esse órgão, junto do Ministério do Meio Ambiente, acompanha todo o processo de compra e doação, assim como a atualização da carteira de vacinação do animal. Caso contrário, o ato de pegar um animal sem seguir as devidas regras é considerado crime ambiental grave e a consequência é uma multa elevada ou até prisão do dono. 

Características

Conheça melhor as principais espécies de papagaios:


Papagaio Verdadeiro (foto)

  • Tamanho: 35 a 37 centímetros de comprimento
  • Cor: verde predominante, com manchas vermelhas, azuis ou amarelas
  • Expectativa de vida: mais de 60 anos

Esta ave habita mais a América do Sul, de onde é oriunda. Está presente na Bolívia, Argentina, Paraguai e no Brasil, em especial nos estados de Piauí, Pernambuco, Bahia e regiões como Sudeste e Sul. 


É considerado um papagaio bastante falador, por isso é uma das aves mais procuradas como animal de estimação. Esta ave é brincalhona e cheia de energia, gosta de subir em poleiros, na grade da gaiola e não para quieta. Tem o hábito de roer madeira, portanto é recomendado que sempre tenha alguns ramos por perto. É bem barulhento.

Papagaio Ecletus


  • Tamanho: 35 centímetros de comprimento
  • Cor: macho é verde predominante; fêmea é vermelha predominante
    Expectativa de vida: 60 anos

O Papagaio Ecletus é oriundo da Nova Guiné, Ilhas Salomão e Austrália. É conhecido pelo dimorfismo sexual: a fêmea é totalmente vermelha, com bico preto e o macho totalmente tem penas totalmente verdes e bico amarelo alaranjado. 

Os papagaios Eclectus têm as asas e os músculos fortes, o que lhes ajuda e muito a caçar insetos. Voam acima do céu da floresta em pares ou grupos pequenos, fazendo ruídos altos e procurando pelo alimento. No pôr-do-sol, fazem vôos de exibição e se recolhem em grandes grupos, preparando-se para a noite. Membros desta espécie costumam emitir um grito quando se alimentam e quando se preparam para alçar voo.


Papagaio Moleiro

  • Tamanho: 38 a 40 cm de comprimento
  • Cor: verde; com dorso com tonalidade mais clara
  • Expectativa de vida: 50 a 80 anos

O Papagaio Moleiro pode estar presente desde o México até a Bolívia, além de estar presente no norte do Mato Grosso e leste do Pará. É a maior espécie do gênero Amazona, apresentando 40 cm de comprimento. Possuem as características básicas de um papagaio, mas podem ser mais barulhentos em determinadas horas e menos agressivos. Vivem em bandos e interagem bem com outras aves, como araras. Também são monogâmicos e costumam ficar com o mesmo par a vida toda. Moleiros devem ser educados pelo dono para não adquirirem hábitos nocivos. Curiosos, tudo ao alcance pode ser um brinquedo a ser destruído.

Papagaio Deo Congo / Jaco

  • Tamanho: 40 cm de comprimento
  • Cor: plumagem cinza; cauda vermelha
  • Expectativa de vida: Pode atingir 70 anos

O Papagaio Deo Congo ou Jaco, também é conhecido como Papagaio Cinzento por ter a plumagem dessa cor. É considerado uma das espécies de papagaio mais inteligente, a média de QI é alta e isso exige mais de seus donos do que outras aves. Simpático, afável, inteligente e muito conversador, é capaz de repetir uma enorme quantidade de palavras e sons. Não é ruidoso nem muito destruidor. Não adota necessariamente o dono que os escolheu, mas, um elemento da família, que pode ser alguém que de início nem mostrou grande interesse por ele. Entra em stress com muita facilidade, quando se sente marginalizados ou abandonados. Se isso acontece, não permite que ninguém se aproxime, fazendo muito ruído e abrindo as asas para afastar as pessoas.

Papagaio do Mangue

  • Tamanho: cerca de 35 cm de comprimento
  • Cor: verde; cabeça e bochechas amarelas
  • Expectativa de vida: aproximadamente 40 anos

O Papagaio do Mangue é encontrado na Colômbia, Venezuela, Guianas e Brasil, em especial nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná, em zonas de mata e manguezais. É predominantemente verde, mas sua cabeça pode ter manchas azuis ou amarelinhas.

    É um pássaro falante. Não é uma espécie ameaçada de extinção, mas como muitas espécies de papagaio, também sofre com o tráfico de animais e perda de habitat. Podem ser vistos voando aos pares ou em bandos, a procura de frutas e sementes das quais se alimentam.

    Papagaio do Senegal

    • Tamanho: 23 cm de comprimento
    • Cor: verde no dorso e nas asas; cabeça cinza-escuro
    • Expectativa de vida: 30 a 50 anos

    O Papagaio do Senegal é oriundo da África Ocidental. Tem uma coloração diferente, seu corpo é verde limão e a cabeça, assim como o bico, têm predominância do cinza-escuro. Tem manchas amarelas ou laranjas no peitoral.

    É um excelente papagaio para quem nunca teve um pássaro, não é muito dispendioso, nem destruidor e, acima de tudo, não é barulhento, como outros papagaios. É uma ave dócil se acostumada desde cedo com o contato humano. Quando adquirido muito jovem aprende a repetir algumas palavras, embora o seu vocabulário nunca seja tão extenso quanto o de outros pássaros. É, no entanto, uma ave que requer muita atenção, caso se sinta marginalizado ou abandonado, tende a entrar em stress e ter um comportamento estranho: foge das pessoas, fica muito quieto no poleiro ou foge para os cantos no chão da gaiola.

    No geral, o corpo do papagaio tem:

    • Cabeça grande
    • Olhos médios, redondos e bem separados
    • Bico grande e forte, em forma de gancho
    • Asas largas e arredondadas
    • Cauda curta, de formato quadrado ou arredondado
    • Área em torno do olho é desprovida de pelos
    • A cor verde predomina em todos, apesar de as espécies variarem 
    • Pés zilodáctilos, próprios para segurar objetos e escalar ambientes

    Cuidados básico

    Alguns cuidados com as aves devem ser diários, como a troca da água e a limpeza do viveiro. Os comedouros devem ser limpos regularmente para evitar a formação de bolor, causada por restos de alimentos. Muitas aves adoram se banhar e essa prática faz bem à saúde do animal. Este papagaio gosta muito de água, portanto uma boa dica é borrifar água em seu corpo nos dias mais quentes, para mantê-lo bem.

    O uso de jornais deve ser evitado, por mais que seja prático para juntar as sujeiras do bichinho. Ele tem um cheiro e um tipo de material possivelmente tóxico à ave. 

    Esse animal precisa de uma gaiola grande, com bebedouro e comedouro, além de brinquedos para se entreter e gastar energia. É importante que o espaço onde ficar tenha pelo menos dois poleiros de madeira, proporcionais ao tamanho dos pés da ave. Esta costuma limpar o bico e lixar as unhas nesse tipo de material. Evite dar cordas e panos para o animal. 


    Se for criado solto é melhor cortar as asas do animal para evitar fugas. Se tiver crianças em casa e elas brincarem com o papagaio, peça a elas que lavem a mão sempre que interagirem com ele para evitar doenças.

    Leve a ave pelo menos uma vez ou duas no ano, para fazer uma avaliação, mesmo que ele aparente estar saudável. 

    Alimentação

    A ração para qualquer ave deve ser muito bem balanceada. Existe no mercado uma grande variedade de marcas e composições específicas para cada espécie. O armazenamento do alimento deve ser feito com cuidado mantendo as devidas condições de ventilação e higiene. O papagaio em cativeiro também deve ser alimentado com frutas.

    Na natureza eles se alimentam de castanhas, frutas silvestres e sementes, principalmente de leguminosas. Em cativeiro podem comer uma maior variedade de alimentos, como legumes cozidos: lentilha, grão-de-bico, ervilha, milho verde macio. Podem comer também cereais, como aveia e proteína de soja.

    Certos tipos de comida devem ser evitados, pois, apesar de famosos na alimentação das aves, podem prejudicá-las de forma considerável: abacate, beterraba e sementes oleaginosas, em especial as de girassol, que causam intoxicação e danos na região intestinal do bicho.

    O Papagaio Ecletus, em especial, tem um trato digestivo diferente dos demais. Precisa de alimentos rico em fibras, como legumes e frutas, mas necessita da inclusão de carboidratos, como macarrão cozido (mas só inclua na dieta o que for recomendado pelo veterinário). Sementes e ração devem ser oferecidos com moderação e alimentos com corantes artificiais não são indicados.

    Espaço para criação

    A gaiola deve ter tamanho suficiente para movimentação do pássaro. Se os poleiros forem de madeira, devem ser trocados com frequencia, quando o animal os tiver roído. Não é resistente às variações climáticas, e por isso precisa de uma área coberta para dormir e se esconder do frio.

    O papagaio, seja ele de qualquer espécie, é muito ativo e precisa de espaço para se divertir e movimentar-se. O ideal é ter um playground onde possa se exercitar pelo menos por uma hora diária. Se tiver como ficar solto em um espaço seguro durante algumas horas é o ideal. Só não deve ficar preso durante o dia todo em uma gaiola.


    Custo de manutenção


    REPRODUÇÃO

    O período reprodutivo do papagaio vai de setembro a fevereiro. A partir de 3 ou 4 anos de idade já estão aptos para acasalarem. É o macho quem escolhe a fêmea para a união. A fêmea bota entre 3 e 5 ovos, no período de 24 a 29 dias. Os filhotes deixam o ninho após 60 dias da eclosão dos ovos.

    O macho corteja a fêmea e a alimenta durante todo o processo de reprodução.Essa espécie é extremamente fiel e não vai trocar o companheiro mesmo depois de morto. Fica solitário pelo resto da vida quando o perde e deixa de procriar, então. 

    SAÚDE

    Os problemas de saúde mais comuns entre papagaios são: conjuntivite, pneumonia, sinusite, distúrbios no fígado, falta de nutrientes e consequente prejuízo do sistema imunológico.

    Alguns sinais denotam boa saúde da ave:  

    Penas lisas e brilhantes
    Narinas secas e olhos brilhantes
    Come e bebe durante o dia
    Emite sons
    Ativa, alerta e sociável 

    Sinais de alerta:  

    Penas opacas e quebradiças
    Sonolência excessiva
    Bico, unhas e pés com escamação
    Perda de apetite e peso
    Chiado na respiração
    Olhos vermelhos ou inchados, espirro ou tosse
    Fezes com coloração diferente


    Conheça outras raças de pássaros