Guia de Bichos
Savannah - undefined

Savannah

  • Nome no Brasil: Savannah
  • Nome original: Savannah
  • País de origem: Estados Unidos
  • Preço médio: até R$ 15 mil
  • Tipo de pelo: Curto

Tudo sobre Savannah

Porte: grande
Área de criação: média
Energia: alta
Temperamento: amigável

Descrição

  • Porte: gigante
  • Área de criação: precisa de espaço para se exercitar
  • Escala de energia (de 1 a 5): 5
  • Escala de saúde (de 1 a 5): 5
  • Tipo de pelo: curto, muito semelhante à pelagem de felinos selvagens
  • Temperamento: afetuoso, extrovertido, gracioso e bem equilibrado
  • Expectativa de vida: 17 a 20 anos
  • Peso: 8 a 11 kg

Gato de grande porte e de corpo alongado. Possui dupla pelagem, com subpelo macio. A camada externa é formada por pelos curtos e de textura áspera. A pelagem é formada por uma combinação de manchas que têm textura mais suave. Pode ser encontrado em diversas tonalidades de marrom e preto, sempre com machas escuras. Possui pernas e pescoço longos e orelhas grandes e eretas. Sua cauda é curta e grossa. É considerada uma raça rara. 

A TICA (International Cat Association) começou a registrar gatos Savannah em 2001 e concedeu o reconhecimento completo da raça em 2012 – ou seja, a Savannah é uma novidade no mundo felino, desenvolvida após uma gata doméstica cruzar com um Serval – gato selvagem africano, de tamanho médio. O primeiro exemplar levou o nome da raça e nasceu em 1986.

Patrick Kelly e Joyce Sroufe eram criadores que se apaixonaram pela espécie e decidiram criar uma nova raça unindo forças. Além do Serval, o Savannah descende de Bengals, Egyptian Maus, gatos orientais de pelo curto e gatos domésticos.

Muito esguios, os gatos Savannah podem ser considerados no time de raças gigantes. Pesquise fotos de pessoas próximas a Savannahs e entenda do que estamos falando!

Características

Descendente do serval africano, este gato mantém algumas características selvagens, como a coragem, a curiosidade e a vontade de se aventurar. Ao mesmo tempo, possui um temperamento sociável, é leal e ligado ao dono e à família. Não é um gato de se enroscar nas pessoas, nem ficar no colo, mas sabe demonstrar afetividade. É bastante ativo, gosta e precisa brincar diariamente com pessoas ou outros gatos.

  • lto e gracioso, muito parecido com o Serval, mas menor em altura;
  • Cabeça triangular;
  • Olhos de tamanho médio de qualquer cor;
  • Nariz variando de rosa a preto; nos exemplares pretos, o nariz é preto sólido;
  • Grandes orelhas largas e arredondadas;
  • Pescoço longo;
  • Cauda de comprimento médio e com a ponta preta;
  • Pernas traseiras ligeiramente mais longas que as dianteiras;
  • Cores e padrões diferentes, sendo que a maioria tem manchas sólidas em preto ou marrom escuro; em fundos dourados, creme, arenoso ou branco. As marcas podem ser redondas, ovais ou alongadas.

Cuidados básico

Altamente inteligente, o Savannah pode ser treinado para andar na coleira, participar de jogos de agilidade ou de busca e obediência. Costuma seguir o tutor pela casa toda e é muito interativo, mas procure oferecer atividades e brinquedos para que ele se divirta. Se tiver pouco tempo livre para lhe dar atenção, cogite a possibilidade de ter outro gato para que possam brincar juntos.

Essa raça adora brincar na água, então pode incluir na lista de atividades alguns passeios molhados. O pelo precisa ser escovado duas vezes na semana para manter o brilho e oleosidade natural, enquanto os dentes devem ser escovados semanalmente; lembre-se também de cortar as unhas a cada duas semanas.

Apesar de ficar bem em um apartamento, o ideal é que o Savannah viva em uma área livre para se exercitar à vontade, com muitos lugares para subir e quebra-cabeças à disposição.

Saúde

Por ser uma raça relativamente nova ainda não foram registrados problemas de saúde comuns entre os Savannah. Nossa recomendação é atentar-se a problemas que podem acometer outras raças, como cardiopatia hipertrófica, displasia de quadril, luxação patelar e atrofia progressiva da retina – nenhum deles muito grave, mas que exigem cuidados.

Por se tratar de um gato com natureza selvagem vale a pena monitorar as saídas do Savannah, pois em uma das aventuras ele pode se machucar seriamente, principalmente se brigar com outro animal.

Alimentação

Gatos devem ter acesso constante a um comedouro e a um bebedouro bem
abastecidos. Preferem água corrente e costumam ingerir mais líquido quando tem essa possibilidade, hábito que previne muitas doenças renais. Uma sugestão é deixar uma fonte em algum canto da casa ou acostumar o animal a beber água da torneira quando for aberta.

A quantidade de ração varia de acordo com o peso do animal, sua atividade física e pode ser encontrada nas embalagens. A qualidade da ração é fundamental para a saúde do gato. As do tipo Premium e Super Premium são as nutricionalmente balanceadas.

Até os doze meses, o Savannah é considerado filhote. Nesta fase, a quantidade de ração varia de 30 a 90 gramas por dia. O alimento indicado são rações específicas para filhotes.

A partir de um ano o gato é considerado adulto. Deve-se mudar a ração e a quantidade varia de 80 a 120 gramas/dia.

Espaço para criação

Por ser descendente de um animal selvagem esta raça é de grande porte e precisa de espaço para viver bem. Não é indicada para pequenos apartamentos.

Curiosidades

Por que ter um Savannah em casa?

O Savannah tem uma personalidade incrível e deliciosa. É curioso, aventureiro, ativo e muito amável com a sua família. Gosta de praticar atividades e exercícios, mas gosta ainda mais quando está acompanhado dos seus. São excelentes companheiros para crianças, e apesar de tanta energia vivem bem em apartamentos, mas lembre-se: eles são grandes! É fundamental que você providencie espaço suficiente para deixar o seu felino confortável.

Essa raça cria laços fortes com a família e é muito inteligente. Gosta de cumprimentar as pessoas esfregando sua cabeça carinhosamente. É um animal único e enérgico, que compensa o investimento e estará sempre aberto para a interação humana.

Por que não ter um Savannah em casa?

Cheios de energia, os gatos da raça Savannah podem não ser uma boa opção para quem prefere felinos mais sossegados. Tenha em mente que será necessário dedicar algumas horas brincando e praticando exercícios com seu pet, caso contrário ele se tornará destrutivo e entediado e poderá transformar sua casa uma zona de guerra.

Cuidado com outros animais de estimação, como pássaros e coelhos; sua natureza selvagem pode fazer com que o Savannah os veja como presas. Eles também gostam de saltar e subir nos pontos mais altos da casa.

Conheça outras raças de gatos