Guia de Bichos
Maine Coon - undefined

Maine Coon

  • Nome no Brasil: Maine Coon
  • Nome original: Maine Coon
  • País de origem: Estados Unidos
  • Preço médio: até R$ 6 mil
  • Tipo de pelo: Alto

Tudo sobre Maine Coon

Porte: grande
Área de criação: pequena
Energia: média
Temperamento: dócil

Descrição

  • Porte: grande
  • Escala de saúde (1 a 5): 3
  • Escala de energia (1 a 5): 4
  • Tipo de pelo: liso, denso, macio e sedoso, mas a textura pode variar um pouco de acordo com a cor. O pelo é mais curto nos ombros e mais longo na região do estômago. Nas pernas traseiras é mais longo e a cauda é de pelagem longa e bem densa
  • Temperamento: inteligente, gentil, amigável, bem educado e adaptável
  • Expectativa de vida: 9 a 15 anos
  • Peso: 4 a 10 kg
Esta é uma raça forte e silvestre. Sua pelagem é semi-brilhante, longa, pesada e resistente à água. O Maine Coon tem uma calda muito longa e espessa. Uma de suas características mais distintas são seus olhos grande, ovais e expressivos. Membros desta raça são vistos em quase todas as cores e padrões tradicionais. A cor mais comum e padrão é o gato malhado marrom clássico. 

Natural dos Estados Unidos, mais especificamente do Maine, de onde veio seu nome, o Maine Coon é um trabalhador, gato de fazenda e caçador de ratos. Infelizmente, como muitas raças, pouco se sabe sobre suas origens; uma das teorias diz que gatos de pelos longos chegaram à costa nordeste do país por volta de 1700. Como os marinheiros realmente utilizavam gatos para controlar a população de ratos, essa é a teoria mais aceita.

Os primeiros anos devem ter sido muito difíceis para os gatos que desembarcaram, devido ao clima severo do Maine. Assim, os exemplares mais fortes e adaptáveis da raça sobreviveram, e a seleção natural se encarregou de criar um gato robusto, com casaco denso e resistente à agua. A cauda de pelagem densa e o casaco do Maine Coon lembram muito um guaxinim, mas o animal não está envolvido na reprodução da raça.

Uma fêmea da raça recebeu o prêmio de Melhor Gato em 1895 após um show de gatos na cidade de Nova York. As exposições de gatos domésticos eram comuns em shows, e quando a Cat Fanciers Association foi criada em 1908, o quinto gato registrado foi um Maine Coon de nome Molly Bond.

O surgimento de outras raças mais exóticas, como os Persas e os Angorás, derrubaram a popularidade do Maine Coon no século XX e quase levaram à sua extinção na década de 1950. Um grupo de criadores, porém, fundou a Associação de Criadores e Fãs de Maine Coon em 1968 e trouxe a popularidade da raça de volta.

Características

Apesar de ser um gato orientado para conviver bem com humanos, este animal não depende excessivamente da família. Ele não vai incomodar você constantemente com pedidos de atenção, pois prefere sair com seus proprietários, investigando qualquer atividade em que estão envolvidos e ""ajudando"" quando podem. O Maine Coon será o seu companheiro, seu amigo, mas raramente o seu bebê. Geralmente se dá bem com crianças e cães, bem como outros gatos.

  • Tamanho médio a grande, corpo bem proporcionado, musculoso e cheio;
  • Cabeça de largura média, ligeiramente maior do que ampla;
  • Focinho quadrado;
  • Orelhas grandes e bem adornadas de pelos, largas na base e afilando até um ponto;
  • Olhos grandes e expressivos, geralmente verdes ou dourados; todas as cores são permitidas, exceto azul;
  • Pernas de comprimento médio;
  • Grandes patas redondas, semelhantes a “raquetes de neve”;
  • Pelagem tradicional malhada com marrom, mas também pode vir em cores sólidas, como preto, vermelho e branco, e todos os padrões e cores de malhado e bicolor.

Cuidados básico

A pelagem densa e farta do Maine Coon deve ser penteada duas vezes por semana com um bom pente de aço; isso ajuda a distribuir a oleosidade natural da pele e remover pelos mortos. Dê atenção especial à região do estômago e à cauda. Sempre que seu pelo parecer engordurado, é momento de lhe dar um banho. 

Os dentes devem ser escovados, de preferência, diariamente – ou pelo menos a cada dois dias – para prevenir doenças periodontais. As unhas devem ser cortadas quinzenalmente e os cantos dos olhos devem ser limpos com pano úmido e macio. Limpe o ouvido com algodão para prevenir infecções.

Por ser uma raça rara e cara, o Maine Coon pode ser roubado se sair ao ar livre; evite deixá-lo sair de casa desacompanhado. Adoram jogos de busca com sua família e são fãs de água. Não se assuste se vê-lo brincando em uma bacia ou até na piscina. 

Saúde

O tamanho do Maine Coon pode lhe trazer algumas consequências negativas quanto à sua saúde. A displasia de quadril, problema que pode provocar claudicação dolorosa e, futuramente, artrite, é comum em pets de médio a grande porte e não tem cura. Já a atrofia muscular espinhal é um problema genético que afeta os músculos esqueléticos do tronco e dos membros; a boa notícia é que existe um teste para identificar o problema.

Outros problemas que podem atingir a raça são a cardiomiopatia hipertrófica, doença cardíaca hereditária, e doença renal poliquística, também hereditária e progressiva, que pode resultar em insuficiência renal.

Alimentação

Gatos devem ter acesso constante a um comedouro e a um bebedouro bem
abastecidos. Preferem água corrente e costumam ingerir mais líquido quando tem essa possibilidade, hábito que previne muitas doenças renais. Uma sugestão é deixar uma fonte em algum canto da casa ou acostumar o animal a beber água da torneira quando for aberta.

A quantidade de ração varia de acordo com o peso do animal, sua atividade física e pode ser encontrada nas embalagens. A qualidade da ração é fundamental para a saúde do gato. As do tipo Premium e Super Premium são as nutricionalmente balanceadas.

Até os doze meses, o Maine Coon é considerado filhote. Nesta fase, a quantidade de ração varia de 30 a 60 gramas por dia. O alimento indicado são rações específicas para filhotes.

A partir de um ano o gato é considerado adulto. Deve-se mudar a ração e a quantidade varia de 40 a 120 gramas/dia.

Espaço para criação

Por ser um gato mais tranquilo, o Maine Coon adora ficar esparramado em qualquer lugar confortável da casa ou do apartamento, desde um simples tapete até uma bela cama de casal. Ele adora brincar com objetos que estejam no chão, pois é um pouco preguiçoso para correr atrás de coisas que se mexem. Diante dessas características, um espaço pequeno nao será problema para a raça.

Curiosidades

O Maine Coon é o gato oficial do estado do Maine. Uma das teorias sobre sua origem afirma que eles são descendentes dos gatos de pelos longos de Marie Antoinette, que foram contrabandeados para a América após a rainha ser condenada à guilhotina. 

Por que ter um Maine Coon em casa?

Uma raça que se adapta a diversos estilos de vida, personalidades e espaços, o Maine Coon é carinhoso e gosta de receber atenção e seguir seu tutor por onde quer que ele vá; ao mesmo tempo, é independente e respeita seus limites. Se você não estiver num dia bom, ele vai, no máximo, supervisionar suas ações.

Um gato da raça Maine Coon prefere ficar no chão ao invés de escalar e aprende truques com muita facilidade. Se dá bem com crianças, cães e outros gatos, e embora não seja do tipo que gosta de ser mimado, aprecia muito o tempo gasto brincando com sua família. 

São gentis e de bom humor, raramente miam e emitem um barulhinho simpático e baixo para demonstrar o que sentem. É uma raça altamente orientada para pessoas e que fica feliz em estar com você.

Por que não ter um Maine Coon em casa?

Não é à toa que essa raça é conhecida como gigante. O Maine Coon é um gato de médio a grande porte e pode facilmente atingir os 11 quilos na fase adulta. Se sua casa não tiver espaço para um pet desse porte se movimentar e ficar confortável, é melhor repensar a decisão de comprar um Maine Coon; lembre-se também que ele pode ficar doente e transportá-lo não é tão fácil como outros gatos.

Como um bom gato de trabalho, ele mantém suas habilidades de caça e não deixa escapar nenhum camundongo. Isso é bom, desde que você não tenha pets de pequeno porte em casa, como hamsters, coelhos e pássaros. Seu Maine Coon também vai perseguir brinquedos pela casa e pode ser bem bagunceiro nessa brincadeira.


Conheça outras raças de gatos