Guia de Bichos
Terra Nova - undefined

Terra Nova

  • Nome no Brasil: Terra Nova
  • Nome original: Newfoundland
  • País de origem: Canadá
  • Preço médio: entre R$ 3 mil e R$ 6 mil
  • Tipo de pelo: Alto

Tudo sobre Terra Nova

Porte: grande
Área de criação: grande
Energia: média
Temperamento: amigável

Descrição

  • Grupo: 2 – Pinscher e Schnauzer – Raças Molossóides, Cães Montanheses Suíços e Boiadeiros
  • Porte: 2.2 – Raças Molossóides, Tipo Montanheses
  • Machos: cerca de 71 centímetros/cerca de 68 quilos
  • Fêmeas: cerca de 66 centímetros/cerca de 54 quilos
  • Tipo de pelo: pelagem dupla e resistente à água. O casaco externo é longo e reto, sem ondulações; o sub pelo é macio e denso, em especial no inverno 
  • Temperamento: doce, devotado, paciente, alegre e gentil
  • Expectativa de vida: 8 a 10 anos
Escala de 1 a 5
  • Para tutores de primeira viagem: 3
  • Energia: 3
  • Inteligência: 4
  • Facilidade de adestramento: 5
  • Como cão de guarda: 4
  • Adapta-se ao calor: 2
  • Adapta-se ao frio: 5
  • Adapta-se bem à vida em apartamento: 1
  • Necessidade de atividades físicas: 3
  • Fica bem sozinho: 1
  • Relacionamento com a família: 5
  • Relacionamento com crianças: 5
  • Relacionamento com estranhos: 4
  • Tendência a latir: 4
  • Tendência à obesidade: 4

Cão de porte gigante com aparência muito robusta, mas que demonstra calma e docilidade pelo olhar. Sua pelagem é dupla e resistente à água. A que cobre o corpo é longa, lisa e densa. O pelo da cabeça, focinho e orelhas são mais curtos. As cores aceitas para essa raça são a preta, marrom e branco com preto, sendo a cor preta a mais tradicional e a preferida. Segundo normas da Confederação Brasileira de Cinofilia, um tom de queimado de sol, desde que não muito intenso é permitido. Trocam de pelo duas vezes ao ano e essa troca é mais intensa na Primavera. 

A província canadense de Newfoundland (ou Terra Nova, em português) é o local de origem do Terra Nova . Essa raça nasceu nas vilas de pescadores e auxiliou-os no trabalho durante gerações, seja trabalhando – puxando redes, resgatando pessoas que caiam na água ou caçando peixes – ou simplesmente fazendo companhia aos solitários marinheiros.  

Existem três teorias sobre suas raízes, todas elas com poucos detalhes e informações concretas:
  • O Terra Nova é uma cruza entre o Mastiff Tibetano, uma raça bastante rara, e o extinto Lobo Negro Americano; 
  • Os cães dos Vikings, levados durante as viagens, cruzaram com os cães de Newfoundland, a maioria de raças indígenas, e foram criados com lobos nativos do leste do Canadá, dando origem à raça; 
  • Por volta dos séculos XV, XVI e XVII os colonos europeus levaram raças europeias para Newfoundland, que cruzaram com os cães de água e mastiffs, produzindo o Terra Nova. 
Essa última hipótese é a mais bem aceita, e em 1775 George Cartwright nomeou a raça, que foi identificada e descrita no final dos anos 1800 pelo professor Albert Heim, um suíço fã dos Terra Novas. 

Por volta de 1780 o governo canadense impôs limites à criação de cães pelas famílias, que só poderiam ter um e teriam que pagar impostos por eles. Isso ameaçou o Terra Nova, que poderia ter entrado em extinção, se não fosse Sir Edwin Landserr, um retratista de animais fã da raça que adorava incluí-la em suas pinturas. A variedade branca e preta recebeu seu nome em sua homenagem. 

A raça traçou seu caminho para a Europa e Estados Unidos, e em 1886 foi reconhecida pela AKC. 

Características

Essa raça é confiável e bastante leal. Possui um temperamento pacífico e personalidade doce e amigável. São corajosos e bastante protetores do território e da família, mas fazem isso de forma silenciosa. Latem muito pouco. No geral são muito receptivos a pessoas estranhas e qualquer tipo de animal, desde que não venham com más intenções. Essa raça também consegue detectar de longe pessoas com má índole. 

São perfeitos para crianças, embora recomenda-se tomar cuidado com o seu tamanho. 

Costumam babar um pouco e adoram água. Deve-se treinar um Terra Nova para obedecer aos humanos garantindo, dessa forma, um ambiente mais tranquilo para ambos.

  • Corpo maciço, poderoso e musculoso, com pelagem abundante;
  • Cabeça maciça e com crânio largo;
  • Focinho quadrado e curto, livre de rugas, com nariz grande e narinas bem desenvolvidas; o nariz é preto nos cães pretos e preto, branco e marrom em cães marrons;
  • Olhos pequenos, profundos e marrons;
  • Orelhas pequenas, triangulares com pontas arredondadas e bem afastadas;
  • Pescoço forte e musculoso, transportando dignamente a cabeça;
  • Lombo forte e musculoso; peito largo, cheio e profundo;
  • Patas dianteiras grandes, redondas e apertadas, com dedos firmes e compactos; patas traseiras firmes e apertadas;
  • Pelagem preta, preta e branca ou marrom;
  • Cabeça, focinho e orelhas tem pelagem fina e curta; as pernas são emplumas e a cauda é coberta de pelagem longa e densa;
  • Cauda forte e larga na base, pendurada para baixo quando ele está em pé; na água, funciona como um leme.

Cuidados básicos

Como todas as raças grandes e gigantes, deve-se cuidar para que não desenvolvam displasias. O Terra Nova não deve ser lavado, a não ser que seja absolutamente necessário. Entretanto, escovações devem ser diárias para ajudar na remoção de sujeira da sua pelagem dupla. Exercícios físicos devem ser feitos diariamente para evitar que o cão engorde.

Esse cão de grande porte precisa de atividade regular, até porque tem tendência a ganhar peso caso não se exercite. A melhor atividade que você pode oferecer a um Terra Nova é a natação, pois ele adora água e é um exímio nadador, perfeitamente adaptado para mergulho. Um espaço grande na casa é ideal para que ele se exercite e se estique sozinho. 

O treinamento do Terra Nova deve começar ainda cedo, não porque ele seja teimoso ou não consiga se adaptar, mas porque quando adulto seu peso tornará difícil transportá-lo. Treino de obediência é recomendado, pois ele gosta de agradar. 

A escovação do pelo deve ser diária e recomenda-se contar com a ajuda de um profissional pelo menos uma vez por mês. O Terra Nova tem dificuldades com climas quentes, então mantenha-o perto do ar condicionado ou ventiladores durante o verão. 

Alimentação

A quantidade de ração varia de acordo com o peso e o tamanho do animal e pode ser encontrada nas embalagens.

Deve-se alimentar o cão de duas a três vezes por dia e manter água à vontade. Cães de porte gigante consomem rações large breed.

A qualidade da ração é fundamental para a saúde do animal. As do tipo Premium e Super Premium são as nutricionalmente balanceadas.

Até os doze meses, o Terra Nova é considerado filhote. Nesta fase, a quantidade de ração varia de 95 a 550 gramas por dia. O alimento indicado são rações específicas para filhotes.

A partir de um ano o cão é considerado adulto. Deve-se mudar a ração e a quantidade varia de 400 a 475 gramas/dia.

Espaço para criação

Adapta-se em apartamento e espaços pequenos se for exercitado todos os dias. Preferem ambientes mais frios. A presença do dono é importante para essa raça. Não o deixe em canis ou quintais isolados.

Saúde

Cães de grande porte e peso elevado, como o Terra Nova, tem maiores chances de sofrer de displasia coxofemoral, de quadril ou de cotovelo, além da torção gástrica. A estenose aórtica subvalvar também se mostra comum em cães desse tamanho, e ocorre por uma conexão problemática entre o ventrículo esquerdo e a aorta, que enfraquecem o cão e podem levar a desmaios ou – nos piores casos – morte súbita.

As raças gigantes crescem muito rápido entre quatro e sete meses, o que as torna suscetíveis a doenças ósseas. Cães jovens ou mais velhos acima do peso podem ter ruptura do ligamento cruciforme anterior, lesão comum no joelho. Quando filhotes, uma forma de prevenir problemas é evitar brincadeiras em superfícies duras, como o piso. Dê preferência para natação e jogos na grama.

A incapacidade de reabsorver o aminoácido cistina caracteriza a cistinúria, problema que leva à formação de cálculos renais ou da bexiga e bloqueio ou inflamação do trato urinário. Em relação aos olhos, preste atenção para cataratas ou olho de cereja, condições comuns em cães. 

Curiosidades

O Terra Nova atraiu a admiração de nomes importantes, como o escritor Lord Byron e o dramaturgo J. M. Barrie. A raça chamou tanto a atenção de Barrie que esse o usou como inspiração para criar uma personagem para sua peça em 1904. A personagem era Nana e a peça era Peter Pan, sua mais conhecida obra do universo infantil. 

Em filmes, livros e até na peça, Nana chegou a ser retratada como um São Bernardo, mas a verdadeira inspiração de Barrie foi o Terra Nova. 

Por que ter um Terra Nova?

O Terra Nova tem em comum com o Labrador não só a origem (ambos são de Newfoundland), mas também a personalidade. É um dos cães mais doces, simpáticos, gentis e afetuosos que se tem conhecimento, repleto de vontade de agradar seus tutores e muito inteligente.  

Essa raça adora crianças, e além de gentil e brincalhão é também naturalmente protetor. Gosta de jogos e brincadeiras e é muito paciente com os pequenos, sendo também um excelente companheiro para casas com outros animais e idosos. 

É fácil de treinar, pois gosta de aprender truques novos e agradar, e aguenta tranquilamente climas frios e trabalhos pesados. É como um urso grande, que adora ser incluso nas atividades da família e passar horas com seus tutores. 

Além de tudo, o Terra Nova é um herói, pois adora mergulhar na água e se meter em aventuras. Eles não hesitarão em salvar alguém que amam de um afogamento, incêndio ou acidente. São verdadeiros cães salva-vidas.  

Por que não ter um Terra Nova?

O Terra Nova é enorme, pesa mais de 50 quilos e tem muito pelo, mas seu comportamento é semelhante ao de um cão de colo. Não suporta passar muitas horas sozinho e não deve ficar fora de casa, pois é muito sensível e gosta de estar com a família. 

O peso do cão deve ser levado em consideração, já que treinamento e exercícios devem ser específicos para seu tamanho. Além disso, avalie a dificuldade de transportar um cão desse porte se o mesmo se machucar ou estiver pedindo colo durante uma brincadeira. 

A pelagem densa e comprida exige cuidados específicos e é um excelente meio de transporte de sujeiras, como lama e pelos mortos. Ele também baba muito, o que pode enlouquecer quem gosta de uma casa organizada e limpa. 

Conheça outras raças de cães