Guia de Bichos
Chesapeake Bay Retriever - undefined

Chesapeake Bay Retriever

  • Nome no Brasil: Chesapeake Bay Retriever
  • Nome original: Chesapeake Bay Retriever
  • País de origem: Estados Unidos
  • Preço médio: R$ 2.500 a R$ 5 mil
  • Tipo de pelo: Alto

Tudo sobre Chesapeake Bay Retriever

Porte: grande
Área de criação: média
Energia: alta
Temperamento: dócil

Descrição

  • Grupo: 8 – Cães Levantadores e Cobradores de Caça e Cães de Água
  • Porte: 1 – Retrievers 
  • Machos: entre 58 e 66 centímetros/entre 29,5 e 36,5 quilos
  • Fêmeas: entre 53 e 61 centímetros/entre 25 e 32 quilos
  • Tipo de pelo: apertado e curto, com um casaco denso, fino e lanoso; ondulado sobre o pescoço, ombros, dorso e quadris. A pelagem é à prova d’água e impermeável, deixando o cão seco assim que se sacode.
  • Temperamento: brilhante, sensível, afetuoso, inteligente e protetor
  • Expectativa de vida: 10 a 12 anos

Escala de 1 a 5

  • Para tutores de primeira viagem: 1
  • Energia: 5
  • Inteligência: 4
  • Facilidade de adestramento: 3
  • Como cão de guarda: 3
  • Adapta-se ao calor: 4
  • Adapta-se ao frio: 4
  • Adapta-se bem à vida em apartamento: 1
  • Necessidade de atividades físicas: 5
  • Fica bem sozinho: 2
  • Relacionamento com a família: 5
  • Relacionamento com crianças: 3
  • Relacionamento com estranhos: 1
  • Tendência a latir: 3
  • Tendência à obesidade: 4

Cão de grande porte. Possui dupla pelagem, sendo a camada externa com pelo curto, áspero, grosso e ondulado. O subpelo é denso, fino e com textura de lã. Na face e nas pernas o pelo é mais curto e reto. A pelagem possui uma oleosidade natural, que a torna praticamente impermeável. Normalmente encontrado numa única cor, em variações de tons de bege e marrom, mas pode ter manchas brancas no peito e patas. Os olhos são claros, em tons amarelados ou âmbar. 


Quando um navio inglês naufragou na costa de Maryland, nos EUA, dois filhotes de Terra Nova – Sailor e Canton – sobreviveram e foram encontrados por moradores locais. Os cães foram cruzados com Retrievers locais (provavelmente Labradores) e deram origem aos ancestrais do Chesapeake Bay Retriever .

Essa história data de 1807. Outros possíveis ancestrais da raça incluem o Cão de Água Irlandês e o Retriever de pelo assentado, comprido e encaracolado. O padrão da raça foi estabelecido em 1885. Os Chesapeake Bay Retriever eram imbatíveis na função de caçar patos e atuar na água – como todo Retriever que se preze –, e seus filhotes passaram a herdar essas habilidades.
A AKC reconheceu a raça em 1878 e o American Chesapeake Club foi formado em 1918. 


Características

É alegre, tranquilo, inteligente e corajoso. Um bom cão de companhia, é protetor e afetuoso e convive bem com crianças e outros animais de estimação. Forte e resistente, é um excelente nadador e adora água. Não é uma raça fácil de treinar, portanto é indicada para donos mais experientes, que desenvolvam papel de líder com o cão. Precisa ser socializado desde filhote para que não se torne dominante. Esta raça não solta muito pelo
  • Cabeça com crânio largo e arredondado
  • Focinho aproximadamente do mesmo comprimento que o crânio, afunilando até a ponta; apontado e com nariz médio e curto
  • Mordedura perfeita de tesoura
  • Olhos médios grandes, de cor amarelada ou âmbar e com expressão inteligente
  • Orelhas pequenas, montadas na cabeça e penduradas vagamente
  • Pescoço de comprimento médio, com forte musculatura e afunilado aos ombros
  • Linha superior deve mostrar os quartos traseiros tão ou mais altos que os ombros; peito forte, profundo e largo
  • Cauda de comprimento médio, reta ou ligeiramente curva
  • Patas de bons tamanhos e com dedos bem redondos e próximos
  • Pelagem castanho escuro a castanho muito claro, todas as tonalidades sendo admitidas

Cuidados básicos

A pelagem deve ser escovada pelo menos uma vez por semana. Banhos não são recomendados com muita frequência, para não retirar a oleosidade natural do pelo do animal. Esta raça tem tendência a desenvolver problemas nos olhos, o que requer atenção. Precisa de bastante atividade física, incluindo nadar, se possível, já que é uma de suas preferências.

Os cães Chesapeake Bay Retriever se adaptam melhor a climas frios, até mesmo por conta da pelagem densa; eles precisam de uma grande quantidade de exercícios diários, e se puder o seu cachorro desta raça puder se divertir em um lago ou piscina, ele se sentirá realizado. Não há nada que ele goste mais do que nadar!

Corridas, caminhadas e longas séries de exercícios também fazem bem para essa raça, que não é recomendada para quem nunca teve um pet. Ele exige pulso firme, paciência e consistência, além de uma liderança sem agressividade. Tratá-lo de forma ríspida ou deixar de fornecer a quantidade de exercícios que ele precisa podem deixá-lo frustrado e torná-lo destrutivo.

Reforço positivo é a melhor forma de conseguir bons resultados. Mantenha o treinamento divertido e leve, com poucas repetições para que ele não se entedie. Termine as sessões elogiando seu desempenho para incentivá-lo.

Após as sessões de natação, verifique seus ouvidos para garantir que não ficou água por ali, pois isso pode fazê-lo sofrer de uma infecção ou inflamação. O pelo deve ser escovado diariamente, pois, assim como todos os Retrievers, ele solta muito pelo.

Alimentação

A quantidade de ração varia de acordo com o peso e o tamanho do animal e pode ser encontrada nas embalagens.

Deve-se alimentar o cão de duas a três vezes por dia e manter água à vontade, sempre fresca.

A qualidade da ração é fundamental para a saúde do animal. As do tipo Premium e Super Premium são as nutricionalmente balanceadas.

Até os doze meses, o Chesapeake Bay Retriever é considerado filhote. Nesta fase, a quantidade de ração varia de 90 a 290 gramas por dia. O alimento indicado são rações específicas para filhotes.

A partir de um ano o cão é considerado adulto. Deve-se mudar a ração e a quantidade varia de 235 a 295 gramas/dia.

Espaço para criação

Não é uma raça recomendada para apartamentos. Gosta de frio e aprecia dormir ao ar livre, bem como exercitar-se em grandes áreas.

Saúde

Essa é uma raça com poucos problemas de saúde; no geral, as condições que podem afetar o Chesapeake Bay Retriever são as mesmas que podem afetar outras raças, tais como:
  • Atrofia progressiva da retina
  • Epilepsia
  • Torção gástrica
  • Displasia coxofemoral e de quadril
  • Doença de Von Willebrand
  • Alergias e doenças de pele

Curiosidades

Por que ter um Chesapeake Bay Retriever?

O Chesapeake é um cão que faz de tudo para agradar sua família. É feliz, brilhante e generoso, com forte instinto protetor e, por conta disso, um bom cão de guarda – aliado ao fato de que ele tem o hábito de proteger a propriedade e ser reservado com estranhos.

São cães com uma enorme disposição para o trabalho e que se destacam em muitas áreas, tais como adaptação, obediência, agilidade, testes de rastreamento, testes de caça e ensaios de campo. Podem também atuar como cães de caça. 

É preciso ter pulso para criar e treinar um Chesapeake Bay Retriever, pois ele tende a tomar decisões com base naquilo que acha melhor ao invés de obedecer aos comandos que lhe são dados. Tutores que estejam dispostos a treinar um cachorro da raça, socializa-lo e compreendê-lo, entretanto, terão um companheiro maravilhoso em casa, corajoso, inteligente, com forte ética de trabalho e instinto protetor. 

Por que não ter um Chesapeake Bay Retriever?

Essa raça pode ser agressiva com estranhos, com outros cães e também com crianças; embora costume ter um bom relacionamento com elas, é possível que se aborreça com as mais novas, que podem brincar de maneira menos cuidadosa e acabar incomodando o cachorro.

O Chesapeake é tido como um cão teimoso e difícil de treinar. É difícil tirar uma ideia de sua cabeça, e se ele invocar com algo, pode ser muito persistente. Ele é um cão sensível e, embora tenha personalidade um pouco difícil de lidar, não pode ser tratado com rispidez. Não é uma boa raça para tutores de primeira viagem.