Guia de Raças: Terra Nova, um ótimo nadador e um pet de grande coração

Uma raça de origem canadense, muito querida na Inglaterra, tem grande habilidade em atividades aquáticas e é um excelente animal de companhia para crianças

Terra-Nova é utilizado para salvar vitimas de afogamento
Foto: Carmella W/Flickr
Terra-Nova é utilizado para salvar vitimas de afogamento

Uma raça de cachorro de origem canadense, mais especificamente na ilha de Newfoundland (Terra-Nova em português), local que deu o nome pelo qual é conhecida a raça que, apesar de ter um local bem estabelecido, tem uma história relativamente incerta.

Presente há muito tempo na ilha ao leste do Canadá, existem diversas especulações sobre quais raças teriam dado origem ao Terra Nova como é conhecido hoje, as mais populares são de que a raça seria descendente de raças de cães indígenas misturadas com o Grande Cão Urso Preto, que teria chegado à ilha junto aos Vikings em meados dos anos 1100.

Anos mais tarde, novos cruzamentos teriam se dado após a chegada dos europeus, que levavam raças como Labrador Retriever,  São Bernardo, Cão da Montanha dos Pirineus e Leonberg.

Em 1610, quando a ilha de Terra Nova foi colonizada, a raça de cachorro já estava estabelecida e, por ser particularmente habilidosa na água, se tornou muito popular com soldados ingleses, que costumavam ter cães da raça em navios para ajudar nos resgates de pessoas ao mar.

O cachorro Terra-Nova também se tornou muito apreciado por pescadores, que levavam o animal no barco para ajudar na segurança e também para retirar redes cheias de peixe da água. A raça se tornou tão popular na Inglaterra que, acredita-se, hoje existam mais Terra-Nova descendentes de cães nascidos por lá do que no Canadá, país de origem da raça. A raça foi oficialmente reconhecida pelo Kennel Club Inglês no ano de 1800.

Curiosidade sobre os Terra Nova

Foto: Charlie Cool/Pixabay
O Terra-Nova é um cão de porte grande com uma ótima habilidade para nado, sendo capaz de resgatar vítimas em casos de afogamento

Uma das maiores raças de cachorro do mundo, um Terra Nova chegou a medir impressionantes 1,8o m e a pesar 117 kg, o equivalente a um filhote de elefante.

As patas dos cachorros dessa raça contam com pequenas membranas, que os ajudam a ter maior impulso na água. Isso, unido ao tamanho e força do animal, ajuda com que possa levar um ser humano adulto para fora da água, em caso de afogamento.

Além do nado, esses cães também são usados até hoje para carregar algumas cargas mais pesadas, como madeira e carregamentos de leite. Essa habilidade foi útil para soldados durante a Segunda Guerra Mundial, no transporte de suprimentos.

Um cachorro Terra Nova foi responsável por salvar a vida do estadista Napoleão Bonaparte, quando o imperador caiu na água do mar enquanto retornava para a França.

Um cachorro chamado Seaman serviu como cão de guarda e companhia para os exploradores Lewis e William Clark em expedição pelo continente Americano.

Um Terra Nova chamado Nigel estava no Titanic quando o navio afundou em abril de 1912, a habilidade para o nado e a resistência ao frio fez com que o cachorro conseguisse nadar ao lado de um dos botes salva-vidas. As vítimas teriam sido mortas pelo navio RMS Carpathia se os tripulantes da embarcação não tivessem sido alertados pelos latidos do cachorro, que também foi resgatado pelo navio – não se sabe ao certo se o tutor de Nigel sobreviveu.

Existe uma variação de Terra Nova com pelagem preta e branca, mais conhecida como Landseer. O nome é uma homenagem ao artista Sir Edwin Landseer, que costumava incluir o animal em obras de arte. Há uma discussão entre criadores europeus que afirmam que os Landseer deveriam ser classificados como uma raça totalmente diferente.

Existe uma teoria de que o Landseer seria o Terra Nova original, que passou a ter a pelagem completamente preta após seleções de criadores por volta dos anos de 1700.                                        (Continue a leitura logo abaixo)

A personalidade do Terra Nova

Foto: BlackLightning/Flickr
O Terra-Nova é um cachorro muito dócil e ama crianças

Um cachorro considerado de porte gigante, é tão grande e forte quanto é tranquilo, dócil e leal. Muito apegado aos tutores, especialmente com as crianças, o Terra Nova é muito inteligente e de fácil socialização, especialmente quando se começa desde filhote.

Por ser um animal grande, é indicado para famílias que tenham bastante espaço para que o pet possa se exercitar e gastar energia. Ainda assim, ao menos meia hora de passeio diários são necessários. Esses cães também se dão muito bem com outros animais de estimação, como outros cachorros e gatos.

O Terra Nova tem um perfil bastante protetor e pode ser bastante desconfiado com pessoas desconhecidas, mas está longe de ser um animal agressivo e tampouco é de latir sem necessidade.

Esse pet também não é do tipo que se dá bem ficando por muito tempo sozinho, podendo ficar entediado e até desenvolver ansiedade da separação. Tutores de cães da raça deve disponibilizar algum tempo do dia para curtir o cachorro e, se possível, ter outro animal para fazer companhia enquanto o tutor estiver fora.

Higiene e saúde

Com uma pelagem dupla, que o ajuda a resistir ao tempo frio e até mesmo a nadar em águas mais geladas, o subpelo é denso e macio, coberto por uma camada de pelos lisa e relativamente longa. É necessário escovar os pelos ao menos uma vez por semana, para a remoção de pelos mortos, especialmente durante a primavera e o outono, estações em que soltam mais pelo. Além do tradicional preto e do preto e branco, conhecido como Landseer, também existem Terra Nova com a pelagem marrom.

Os pelos do Terra Nova são oleosos, algo que os ajuda em atividades aquáticas, por isso banhos com shampoos e outros produtos não devem ser tão frequentes, porém a higienização dos pelos é importante para manter o pet sempre limpinho, dando banhos apenas quando necessário.

É indicado também que, se possível, o tutor leve o animal para nadar de forma regular, por ser algo da natureza do pet, é algo que fará dele um animal mais saudável e feliz. Caso a natação seja em piscina, é recomendado lava-lo com água corrente, para retirada do cloro, e então secar bem os pelos.

O Terra Nova é um animal saudável e cheio de energia, mas os exercícios físicos devem ser moderados, devido ao grande porte do animal que pode causar problemas ortopédicos – algo que não ocorre em atividades aquáticas.

Esta é uma raça de grande porte e, por isso, também está propenso a problemas genéticos de articulação como a  displasia coxofemoral e de cotovelo, que causam grande desconforto e dores ao animal. Ele também pode sofrer de  problemas como a torção gástrica, que pode levar o pet ao óbito. O tutor jamais deve deixar que o pet realize atividades físicas logo após as refeições ou após ingerir grande quantidade de água.

Controlar a alimentação e oferecer alimentos nutritivos e balanceados também é importante, já que a raça tem tendência à obesidade. Para prevenir possíveis doenças é importante que se faça visitas regulares a um médico veterinário.

Para facilitar essa tarefa e manter os cuidados com o pet sempre em dia, conheça o  iG Pet Saúde, o plano de saúde animal do Portal iG.