Guia de Bichos
Dobermann - undefined

Dobermann

  • Nome no Brasil: Dobermann
  • Nome original: Dobermann
  • País de origem: Alemanha
  • Tipo de pelo: Curto

Tudo sobre Dobermann

Porte: grande
Área de criação: grande
Energia: alta
Temperamento: amigável

Descrição

  • Grupo: 2 - Cães trabalhadores
  • Função original: cão de guarda
  • Tamanho do macho: 66-71 cm
  • Tamanho da fêmea: 60-66 cm
  • Peso do macho: 29-40 Kg
  • Peso da fêmea: 29-40 Kg
  • Tipo de pelo: duro, curto e espesso
  • Temperamento: leal, aventureiro, amigável e inteligente
  • Expectativa de vida: 11 a 13 anos
Escala de 1 a 5
  • Para tutores de primeira viagem: 3
  • Energia: 4
  • Inteligência: 5
  • Facilidade de adestramento: 5
  • Como cão de guarda: 5
  • Adapta-se ao calor: 3
  • Adapta-se ao frio: 3
  • Adapta-se bem à vida em apartamento: 5
  • Necessidade de atividades físicas: 4
  • Fica bem sozinho: 2
  • Relacionamento com a família: 5
  • Relacionamento com crianças: 4
  • Relacionamento com estranhos: 1
  • Tendência a latir: 2


Cão de médio a grande porte, com corpo compacto e musculoso. Sua cabeça alongada confere um ar nobre e elegante. As orelhas geralmente são cortadas para ficarem eretas. As cores aceitas para essa raça são preto e marrom com pequenas marcações cor de ferrugem nos olhos, no focinho, no peito, bochechas, garganta e patas. Perdem pouco pelo. 

Nascido na Alemanha a quase cem anos, essa raça ganhou esse nome graças a Louis Doberman, de Thuringen, Alemanha. Esse homem era um cobrador de impostos e estava encarregado de cuidar do canil da cidade de Apolda. Ele precisava de um cão de guarda para acompanhá-lo no recolhimento de impostos. No final do ano 1800, Doberman começou a fazer cruzamentos inteligentes com algumas raças, como  o Pinscher, o Dogue Alemão, o Pastor de Beaude e o Rotweiler.  Em pouco tempo, ele estava produzindo cães de um tipo distinto. Quando o cobrador de impostos morreu, a raça recebeu seu nome em sua homenagem. 

No final do século 19, os criadores alemães que continuaram o trabalho de Dobermann estavam preocupado principalmente com a função, em vez de aparência. Eles queriam criar um “super cão”. Apesar disso, em pouco tempo a raça já tinha se desenvolvido em um grande número. 

Em 1908 o Doberman foi levado para a América. A raça agradou a Europa e a América como cão policial e cão de guarda, e mais tarde como cão de guerra. Sua força, ar destemido e talento fez o cão ter muitos admiradores. 

A popularidade da raça foi crescendo e as família começaram a adotá-lo como animal de estimação. Em 1977 o Doberman se tornou a segunda raça mais popular da América.

Características

  • Raça de muita força e energia
  • São cães de guarda por natureza 
  • Precisam de uma forte liderança para não se tornarem dominantes e mimados 
  • Inteligentes, são facilmente adestrados
  • Costumam ser obedientes
  • Gostam de desafios mentais
  • Cão companheiro, leal e aventureiro
  • Preferem a presença de pessoas e não se adaptam em canis e alojamentos isolados
  • Exercícios diários e atividades mentais são necessários para desenvolver um comportamento mais tranquilo e equilibrado
  • Pode estranhar a presença de estranhos
  • Não agride ninguém gratuitamente
  • Tendem sempre a proteger a casa e a família
  • Pelagem curta, dura, espessa e com caimento perfeito por todo o corpo
  • Estrutura comprida, óssea e atlética
  • Cabeça de stop, pouco desenvolvido e em forma de cunha alongada
  • Longo pescoço
  • Seu volume é proporcional ao corpo
  • Os olhos, de grandeza média e ovais, são escuros ou um marrom mais claro
  • As orelhas são compridas, e seu contorno anterior é bem junto a face
  • Os quadris são bem musculosos, com dorso sólido e curto
  • A cauda é implantada alta

Cuidados básicos

Não há uma frequência obrigatória de banhos. Por serem muito ativos e agitados, necessitam de passeios diários e atividade física para liberar energia. Corridas são uma ótima atividade para essa raça. Além disso, atividades mentais também ajudam e tornam o animal menos frustrado e destrutivo. Sua necessidade de exercícios se satisfaz com longas corridas ou passeios de coleira, ou uma corrida mais intensa dentro de uma área segura. 

Os cuidados com o pelo são mínimos, já que o pelo é curto. Quanto à 
escovação dos dentes, pelo menos duas ou três vezes por semana é indicado fazer isso para remover a formação de tártaro e as bactérias da boca do cachorro. A escovação diária é ainda melhor para prevenir doenças da gengiva e mau hálito.

É bom cortar as unhas pelo menos uma vez no mês, pois o Doberman podem ter garras bem grandes. Se o dono não tiver experiência com aparo de unhas, peça a um especialista para fazer isso. Existem vasos sanguíneos nas unhas do cão, e se forem mal cortadas, podem causar ferimentos e sangramentos. 

Alimentação

A quantidade de ração varia de acordo com o peso e o tamanho do animal, e pode ser encontrada nas embalagens. 

Deve-se alimentar o cão de duas a três vezes por dia e manter água à vontade, sempre fresca, na vasilha.
Cães de médio porte consomem rações medium breed. 

A qualidade da ração é fundamental para a saúde do animal. As do tipo Premium e Super Premium são as nutricionalmente balanceadas. 

Até os doze meses, o Dobermann Pinscher é considerado filhote. Nesta fase, a quantidade de ração varia de 90 a 270 gramas por dia. O alimento indicado são rações específicas para filhotes. A partir de um ano o cão é considerado adulto. Deve-se mudar a ração e a quantidade varia de 230 a 400 gramas/dia.

Espaço para criação

O Doberman é um cão grande e que necessita de exercícios diários. O ideal seria uma casa com pátio grande, mas eles podem se adaptar bem em apartamentos, desde que o dono o leve para se exercitar todos os dias.

Saúde

As principais preocupações quanto à saúde do pet tem a ver com o CVI (Síndrome de Wobbler) e a cardiomiopatia. Há também doenças que afetam menos o Dobermann: vWD, demodicose, osteossarcoma, narcolepsia, torção gástrica,  displasia de quadril . Já o  albinismo é visto ocasionalmente. 

É bom lembrar que o  Dobermann Azul normalmente apresenta alopecia e o Dobermann Branco sofre de vários problemas sérios de saúde.

Curiosidades

Por que ter um Doberman?
Apesar da fama de ser um cão feroz, a raça é uma ótima companheira. É perfeito se você precisa de um cão de guarda. É carinhoso e amigável com todos os membros da família. Por ter um pelo curto, os cuidados de higiene são básicos.

Por que não ter um Doberman?
É um cão com muita energia e precisa de exercícios para gastá-la. Evite ter essa raça se você passa pouco tempo em casa e não tem tempo para brincar com ele. Não é um cão amigável com estranhos. 
Conheça outras raças de cães