Max, que também é surdo e parcialmente cego, ficou ao lado da menina durante a noite fria e chuvosa mantendo-a aquecida

Já ficou provado que nem todo herói usa uma roupa colada, capa e tem super poderes. Alguns possuem quatro patas, são bem peludos e tem o apelido de "melhor amigo do homem". Max, um boiadeiro australiano de 17 anos, reforçou essa teoria. O cão morador de Queensland, Austrália, foi uma peça chave durante a busca pela sua companheira desaparecida. 

Leia também:  Idosa ganha presente inesperado em sua festa de 103 anos; veja o que foi

Na última sexta-feira (20), por volta das 15h, uma menininha de três anos chamada Aurora foi dada como desaparecida após sair da casa da avó para passear pelos arredores e não retornar. A polícia local, os agentes públicos e um grupo de voluntários revistaram a área por mais de 15 horas, mas não conseguiram localizá-la. Até que no sábado, a avó, Leisa Bennett, ouviu a voz da garota e seguiu seu som. Foi nesse momento que ela encontrou o cão Max.

Cão ajuda polícia local a encontrar menina desaparecida
Reprodução Twitter
Cão ajuda polícia local a encontrar menina desaparecida

Leia também:  Labrador renegado por causa de deformidade no crânio encontra um lar

"Eu subi a montanha e, quando cheguei ao topo, o cachorro veio até mim e me levou direto para ela", disse Bennett à ABC Brisbane. O pet, que é surdo e parcialmente cego, provavelmente ficou ao lado da menina durante a noite fria e chuvosa, mantendo-a aquecida. Por causa dele, Aurora foi encontrada bem e só com alguns arranhões. 

Graças a sua lealdade e dedicação, a polícia local deu a Max o título de cão policial honorário no estado de Queensland. O ato heroico do bichinho chegou ao conhecimento dos internautas através de uma publicação dos agentes nas redes sociais. 

"Bom garoto, Max! Ele ficou com sua humana de três anos que havia se perdido perto de Warwick na noite passada enquanto nós buscávamos freneticamente por ela. Por mantê-la a salvo, você é agora um cão honorário da polícia", escreveram os policiais no perfil oficial do Twitter.





    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.