A língua de Mochi Rickert, uma cadela da raça São Bernardo, mede 18,58 centímetros de comprimento

A maior parte dos casos que vão parar no Guinness Word Records, o livro dos recordes, surpreendem. O caso da cadela Mochi Rickert não é diferente. A São Bernardo que mora em Dakota, nos Estados Unidos, foi reconhecida por ter a maior língua do mundo. 

+ Os cachorros que estão no Guinness Book e o que eles fizeram para isso

Carla Rickert, dona de Mochi, foi quem percebeu a particularidade e decidiu chamar a organização do Guiness. Para que a cachorrinha colocasse toda a língua para fora e fosse possível a medição foi utilizada manteiga de amendoim, sua guloseima predileta. Dessa forma eles conseguiram averiguar que realmente se tratava da maior língua do mundo , com 18,58 centímetros de comprimento. 

O recorde foi registrado no ano passado, mas só agora o livro físico em que a cadela participa foi lançado. A publicação levo o título "Amazing Animal" ou "Animais Incríveis" em tradução livre para o português. 

+ No Dia Mundial dos Animais, conheça 15 pets fofos e atrapalhados

"Quando abrirmos o livro de recordes mundiais e vermos Mochi lá ficaremos muito orgulhosos. Toda a água espalhada de seu bebedouro que tivemos que limpar fará sentido depois disso", disse Craig ao vídeo de apresentação de Mochi feito pelo Guinnes Word Records. 

Mas não é só na hora de beber água que a cachorrinha sente dificuldades. A língua gigante também a atrapalha na hora de respirar e faz com que sujeiras e até folhas parem involuntariamente dentro de sua boca. Mesmo assim ela continua aproveitando seus melhores momentos ao lado dos tutores. 

+ Pit bull obcecado por gatos ganha a sua ninhada de gatinhos

Mochi, a dona da maior língua do mundo, foi resgatada há seis anos, quando tinha dois anos de idade. Ela vivia em um abrigo para cães de porte gigante, o "Big Dogs Huge Paws". De acordo com sua dona é uma cadela muito calma, carinhosa e educada. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.