O cão da raça labrador pesava 66 Kg, quase o dobro do ideal para ele, e apresentava dificuldades até para se locomover

A obesidade é um problema de saúde que não afeta apenas humanos, a vida dos animais de estimação pode se tornar bastante complicada quando eles estão acima do peso. Um cachorro obeso, por exemplo, pode desenvolver diabetes, problemas nas articulações, doenças cardíacas e ter uma série de complicações se necessitar passar por certos tratamentos como cirurgias. Sem contar com a dificuldade que ele terá para fazer atividades normais do dia a dia, comprometendo sua qualidade de vida. 

+ Rações ajudam na dieta para cães e combatem a obesidade canina 

Shiloh era um cachorro obeso que pesava quase o dobro do ideal
Reprodução Redes Sociais
Shiloh era um cachorro obeso que pesava quase o dobro do ideal

Heidi Fiori e seu marido tinham uma noção do quanto os quilos em excesso podem influenciar na vida de um animal e quando conheceram o cachorro obeso da raça labrador chamado Shiloh não pensaram duas vezes em adotá-lo. Na época ele estava pesando 66 Kg, quase o dobro do que os veterinários consideravam ideal para ele, e enfrentava dificuldades de fazer atividades comuns para qualquer bichinho de estimação como andar pela casa e subir no sofá para ficar ao lado do dono. 

O cachorro obeso foi adotado por uma família que queria ajudá-lo a emagrecer
Reprodução
O cachorro obeso foi adotado por uma família que queria ajudá-lo a emagrecer

"Ele era o cachorro mais gordo que eu já tinha visto em toda a minha vida, parecia aqueles porcos grandes que estamos acostumados a ver em fazendas. Mas também tive a certeza de que ele era muito alegre e tinha a personalidade amável, sua calda não parava de abanar com a nossa presença. Eu sabia que eu e meu marido poderíamos ajudá-lo e decidimos que iriamos adotá-lo", Heidi contou para o site de notícias americano The Dodo. 

+ O hipotireoidismo em cães pode deixá-los obesos e sonolentos

Todo mundo sabia que Shiloh precisava perder peso rapidamente e para isso foi feito um plano a longo prazo. Uma dieta alimentícia foi implementada, visitas mensais no veterinário passaram a acontecer para que a perda de peso fosse acompanhada e passeios na rua passaram a ser uma atividade rotineira que se repetia de três a cinco vezes por dia. No início essa última parte era muito difícil para o labrador, mas aos poucos ele começou a aproveitar mais e mais o ar livre. 

+ Animais sedentários: como mudar essa rotina?

"Uma vez ele deitou no meio de um cruzamento e se recusou a levantar por mais de 20 minutos. No início eu achei quando ele fazia esse tipo de coisa estava apenas sendo preguiçoso, mas depois que ele realmente começou a perder peso percebi que era o corpo dele que não conseguia mesmo", explica Heidi. 

Após dois meses da adoção e de toda a dedicação por parte da família na dieta, Shiloh perdeu 9 Kg. Uma grande vitória, mas ainda havia um longo caminho pela frente. Os trabalhos continuaram e toda a vizinhança passou a torcer pelo final feliz que demorou 10 meses para acontecer. O antigo cachorro obeso perdeu 27 Kg, passou a pesar 38 Kg, ser saudável e ter uma ótima qualidade de vida, além de conquistar o coração de todo mundo. 

Hoje Shiloh está no peso ideal e é um cão saudável
Reprodução
Hoje Shiloh está no peso ideal e é um cão saudável



    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.