Será que um cavalo realmente sorri? Como eles enxergam? Confira a respota para essas perguntas

Os cavalos têm acompanhado os seres humanos por milhares de anos, sempre se fazendo presente de maneira importante. Dessa forma se tornaram muito conhecidos pela sociedade, mesmo que cada vez mais sejam vistos apenas pela televisão. Essa distância da natureza que as grandes sociedades proporcionam impedem que as pessoas conheçam esse animal mais profudamente. 

Porém, os cavalos são muito especiais para simplesmente passarem desapercebidos. Confira uma lista com dez curiosidades sobre eles. 

+Vídeo de cão tentando consolar criança chorando é a melhor coisa que verá hoje

1. O riso de um cavalo   

A post shared by Tony (@cobra350uk) on


Você já deve ter visto a foto de um cavalo fazendo uma expressão estranha, na qual ele enrola seu lábio superior e mostra os seus dentes em um grande sorriso. Isso faz com que pareça que o cavalo está sorrindo. Na verdade, isso é uma técnica de aumentar o seu nariz conhecida como reflexo flehmen.

Os cavalos utilizam dessa técnica para conseguir sentir cheiros flutuando no ar a partir de glândulas olfatórias especiais localizadas no final da passagem nasal dos cavalos. O dobramento do lábio e uma leve virada de cabeça ajudam o animal a direcionar esses cheiros para as glândulas. 

O reflexo flehmen é muito mais comum em cavalos do que é em éguas. Muito parecido com as girafas, os garanhões normalmente cheiram a urina de égua para checar se elas estão prontas para acasalar.

2. A indústria de cavalos


Para pessoas que nunca estiveram envolvidas com os equinos é fácil assumir que eles só precisam de um pouco de feno de vez em quando e um campo para poder correr. Isso não poderia estar mais longe da verdade.

Esses animais são usados por várias competições e esportes, cruzamento, recreação e trabalho em fazendas. É necessário muito mais do que somente um fazendeiro e um arado para manter tudo nos trilhos. Na verdade, eles representam um grande negócio, a indústria de cavalos dos Estados Unidos, por exemplo, é estimada em 39 bilhões de dólares todos os anos.

 3. Cavalos de Polícia


Os cavalos são grandes aliados da polícia desde o século XVII, e a primeira unidade de polícia montada oficial foi fundanda no ano de 1805. Essa unidade com base em Londres foi um grande sucesso, e em alguns anos, tanto a Austrália quanto os Estados Unidos adotaram a ideia de ter sua própria polícia montada.

Para um policial, andar montado traz muitos benefícios: agilidade, maior respeito, parceria do animal...  O número de cavalos que trabalham para a polícia está diminuindo, mas muitos países ainda mantém algumas unidades de polícia montada para relações pública e propósitos de controlar grandes multidões.

4. Olhos

A post shared by Erin DeGroot (@erin_montana) on


Os cavalos enxergam muito bem graças aos seus olhos peculiares. Com um diâmetro de 5 centímetros, eles são os mais largos entre qualquer mamífero terrestre. Quando medidos em volume, os olhos de um cavalo são nove vezes maiores do que o olho de um ser humano. Dizem as lendas que isso quer dizer que os cavalos conseguem ver as coisas maiores do que os humanos, e é por isso que ás vezes eles se assustam facilmente, mas isso não é verdade.

Os olhos possuem três pálpebras - duas normais e uma terceira que recebe o nome de membrana nictitante - localizada na parte interna do olho. Não há foco na visão como ocorre com os humanos. Ao invés disso, as partes mais baixas da retina veêm objetos à distância e as partes mais altas servem para uma visão mais próxima. Isso significa que se você quer saber para onde um cavalo está olhando, você deve prestar atenção na direção de sua cabeça. 

5. Equídeos híbridos 



 O cruzamento de um cavalo com qualquer outro equídio - zebra ou burro - dão origem ao equídio híbrido. Muitas pessoas conhecem apenas a mula, originada do acasalamento de um burro com uma égua. Mas, esse é só um dos muitos que existem no mundo.

Uma das combinações possíveis é o que nasce de um pai cavalo e uma mãe burro, que recebe o nome de bardoto. Zebras e cavalos também podem ser cruzados e formar "zarvalos" ou "cavebras", que também são conhecidos como zebras douradas. 

Os equídeos híbridos tem sido criados desde o começo de século XX. Os cientistas começaram a trabalhar cruzando zebras e burros, mas rapidamente mudaram para cavalos. 

+Cadela entra para o Guinness Word Records por ter a maior língua do mundo

6. Ferraduras

A post shared by Horse (@horseskill) on


Todo mundo sabe que a maior parte dos cavalos usam ferraduras em seus cascos, mas, ao contrário do que pensam, esses pedaços de metal não estão lá só com o intuito de proteger o casco. Essas partes duras do casco são de queratina - a mesma proteina das unhas e do cabelo humano - e por isso não é das melhores quando o assunto é tração. 

A ferradura serve como um sapato e impede que o animal escorregue, além de dar uma absorção de choque extra. Em outras palavras, as ferraduras são, mais ou menos, tênis de corridas equinos. 

7. Nomes de cavalos 

A post shared by Horse (@horseskill) on


Se você já esteve em uma corrida de cavalos , provavelmente sabe que a maior parte dos nomes são no mínimo estranhos. Enquanto cães e gatos normalmente recebem designações fofas ou engraçadas, os equinos tendem a ficar com nomeações incomuns. Isso acontece porque existem muitas tradições e superstições associadas ao ato de nomear um cavalo.

Muitos nomes respeitam o pedigree, o que pode levar a algumas variações infelizes com o tempo. Não se escolhe o nome na tentiva de agradar alguém, afinal essa pessoa pode ficar triste se o animal não corresponder nas competições que participar, pro exemplo. Por isso e por uma supertição de sorte a maioria opta por apelidos fortes. 

Existem algumas regras. Há lugares que colocam um limite de 18 caracteres, além de proibir nomes que são obscenos, racistas ou muito parecidos com cavalos que já estão competindo. Os que remetem números também não são permitidos. Se um cavalo ficar famoso o suficiente, seu nome pode não ser mais utilizável.

8. Cavalos Árabes 


O Cavalo Árabe é considerado por muitos o mais majestoso de todos. Eles apareceram pela primeira vez há pelo menos 4.500 anos, o que também os faz uma das raças mais antigas. Geralmente assume-se que os beduínos estão por trás do surgimento da raça. 

Com uma silhueta facilmente reconhecível de qualquer lugar,  é fácil reconhecer um Cavalo Árabe. A calda alta, a cabeça de formato único, as costelas largas e a capacidade de correr por 160 quilômetros sem pausa o tornam especial. 

 9. Carne de cavalo 



A carne de cavalo é considerada uma prato fino em muitos países. A França em particular é extremamente parcial não só com a carne, mas também com cérebro e coração do animal. Na verdade, eles representam uma grande parte da alimentação humana desde sempre. Durante tempos de guerra serviram como uma importante - e relativamente barata - fonte de proteína. 

+Vídeo de cadela salvando filhote que caiu em buraco viraliza nas redes sociais

10. Memória 



Um estudo de 2010 revelou alguns resultados bastante surpreendentes sobre a inteligência dos cavalos, especialmente sobre sua memória. Eles não somente entende o que os humanos falam, são capazes de guardar isso tão bem quanto um elefante. 

Se um cavalo é tratado com carinho, ele vai lembrar da pessoa como um amigo para o resto de sua vida. Eles também se lembram muito bem de lugares. Uma vez que os cavalos aprendem alguma técnica, nunca mais esquecem. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.