A famosa história de que os gatos têm sete vidas já é transmitida há gerações e utilizada na fala de muitas pessoas atualmente

A história de que os gatos possuem sete vidas não passa de um mito
Reprodução Pinterest
A história de que os gatos possuem sete vidas não passa de um mito

Se você tem aquele conhecido todo engraçadão que sobreviveu após um acidente, é possível que ele tenha dito: “sou um gato, tenho sete vidas”. Ou, com certeza, você conhece aquela pessoa que adora cuidar da vida dos outros e já escutou um belo “que tal arrumar um gato? Ele tem sete vidas para você cuidar”. Mas, afinal, esses felinos têm mesmo tantas vidas assim? 

A verdade é que essa história de gato ter sete vidas não passa de um mito. Mesmo não sendo realidade, nos países de língua inglesa os bichanos têm um bônus de duas vidas, ou seja, nesses lugares se acredita que eles possuem nove vidas.  Mas, da onde será que toda essa crença surgiu?

Um possível motivo é a baixa frequência com que esses animais ficam doentes, de fato eles possuem um sistema imunológico bastante eficiente. Além disso, eles caem de grandes alturas sempre em pé devido a uma característica particular . Toda essa destreza deve ter reforçado a ideia das sete vidas. 

Existe ainda uma lenda, cuja data exata não se conhece, mas que surgiu na Idade Média: ela dizia que as bruxas tinham associação com os gatos, especialmente com os da cor preta . A partir dessa ideia, em 1584, o escritor inglês William Baldwin escreveu um livro no qual relatava que as bruxas poderiam possuir o corpo dos seus gatos por até nove vezes.

Em 1546, o também inglês John Heywood reuniu alguns provérbios e um deles continha o seguinte conteúdo: “a mulher, assim como o gato, tem nove vidas”.  Enquanto isso, na tradição árabe, se falava sobre as sete vidas do felino, mas sem nenhum caráter de perseguição.

via GIPHY

Quando a Península Ibérica (região formada por Portugal e Espanha) foi ocupada pelos Mouros, é bem provável que eles tenham levado essa crença dos árabes. Com a colonização do Brasil por Portugal, o mito acabou chegando até o nosso país da forma como o conhecemos. 

Além disso, o próprio profeta Maomé era um grande apreciador dos gatos e costumava mencionar as suas sete vidas também em seus provérbios. Ele acreditava na capacidade de amar desses animais. Já no Egito Antigo, os gatos eram adorados, respeitados e considerados como divindades. Nessa cultura, também se dizia que eles eram dotados de sete vidas.

Perceba que o mito de que os gatos possuem múltiplas vidas vem embutido tanto em abordagens positivas quanto negativas. Mas, de qualquer forma, agora você sabe que realmente não passa de um mito. Por isso, não tente querer provar que o seu gatinho tem mesmo sete vidas, porque ele tem apenas uma, que deve ser valorizada e muito bem cuidada. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.