Polo sacrificou sua vida ao deitar em cima de Viviana, uma bebê de oito meses, para protegê-la do fogo enquanto a ajuda não chegava

Muito se fala do quão fiéis e amigos são os cachorros . No cinema, filmes baseados em histórias reais como "Sempre ao Seu Lado" e "Marley & Eu" comprovam isso. O que Erika  Poremski não imaginava é que a vida dela ganharia um capítulo capaz de emocionar a todos, assim como as produções cinematográficas. Tudo aconteceu após seu cachorro herói Polo e sua filha Viviana, de oito meses, ficarem presos dentro de casa devido a um incêndio. 

O cachorro herói Polo era um ótimo companheiro para Viviana
Reprodução TV
O cachorro herói Polo era um ótimo companheiro para Viviana

Erika foi até a garagem pegar algo no carro quando escutou a filha chorar e ao ir encontrá-la se deu conta de que a casa estava pegando fogo e a bebê havia ficado presa lá dentro, junto com Polo, o bichinho de estimação da família que acabaria se tornando um cachorro herói . Entre todas as tentativas desesperadas da mãe e dos vizinhos de entrar na casa e salvar Viviana, só ele conseguiu fazer alguma coisa por ela enquanto o socorro não chegava. 

"Eu escutava Viviana chorar, mas não conseguia chegar até ela. Tentei de todas as formas, todos os vizinhos tentaram. Tiramos as portas e as janelas e nada foi suficiente", contou Erika a emissora de televisão local, US TV. Ela ficou com queimaduras nas mãos e no rosto por causa dessas tentativas. 

Erika e a filha Viviana
Reprodução
Erika e a filha Viviana

Enquanto isso Polo se deitou em cima da bebê para protegê-la das chamas que só aumentavam. Se o cão não tivesse feito isso, talvez nem ele, nem Viviana teriam se salvado. Quando os bombeiros conseguiram chegar até o local retiraram o animal, já sem vida, de cima dela e a levaram correndo para o hospital. Agora está internada em um centro de tratamento intensivo, ainda correndo risco de vida. Ela teve queimaduras sérias no rosto, nos braços e do lado do corpo, lugares que Polo não conseguiu proteger. 

"Polo foi o meu primeiro bebê e agora eu o perdi. Estou rezando para não perder ela também. Ela é a única coisa que me restou e tudo aconteceu tão rápido que eu ainda não entendo", completou Erika, que agora está contando com a ajuda de doações vindas pela página na internet GoFoundMe . Já foram doados 34.604, 00 dólares, aproximadamente 120.700, 00 reais. 



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.