Uma raça de gato que tem feito muito sucesso ultimamente, a Sphynx tem origem no Canadá e chama atenção pela ausência de pelos

Quando o assunto é gato, a primeira coisa que vem a cabeça é um animal peludo e independente, que quase não dá trabalho para o dono. O Sphynx, primeira raça de gato sem pelo a ser reconhecida, vem de encontro com toda essa ideia. Ela é considerada única pela ausência de pelagem e pela grande dependência que o bichano tem em relação ao dono. 

O gato sem pelo é de origem canadense
Reprodução
O gato sem pelo é de origem canadense















Leia mais:  Sphynx: Saiba mais no Guia de Bichos

Muito raro no Brasil, o Sphynx tem origem no Canadá. Uma ninhada que nasceu em 1966 veio bem diferente do que todos estavam acostumados. A presença do gene recessivo Alupécia hereditária  deu origem a filhotes sem pelos. Quando adultos eles foram cruzados e deram origem a mais uma ninhada de gato sem pelo . Dessa forma surgiram os "Moon's cat" que posteriormente passaram a ser chamados de "Canadian naked" para só então ganharem o nome atual Sphynx, que significa "esfinge" e se explica pela aparência similar a esfinge de Gizé, do Egito. 

Apenas alguns anos depois, em 1998, a Cat Fancier's Association (CFA), associação responsável por reconhecer e registrar as novas raças de gatos, aprovou os Sphynx . Em 2010 mais de 100 deles já estavam inscritos na CFA, garantindo o 33º lugar na lista das raças mais conhecidas do mundo. 

Cuidados

O gato sem pelo, Sphynx, precisa de muitos cuidados especiais
Reprodução
O gato sem pelo, Sphynx, precisa de muitos cuidados especiais

Todos esses novos donos de gato descobriram com o Sphynx que os bichanos não são tão independentes quanto a maioria imagina. A ausência de pelos impossibilita a eliminação de gordura e, para evitar que o animal comece a engordurar tudo que encostar, é preciso limpá-lo com leite de toillete para bebês e lenços umedecidos todos os dias. Os canais lacrimais também devem ser limpos constantemente como soro fisiológico, caso contrário uma camada gelatinosa irá se formar. 

Veja também:  5 problemas de pele comuns em gatos

Para sair na rua ou até mesmo ficar dentro de casa é preciso passar protetor solar no bichano. A pele dele é muito exposta e queima rapidamente, podendo ocasionar graves feridas. Qualquer possibilidade do animal entrar em contato com a luz solar deve ser levada em conta. 

Na hora do banho é preciso ter cuidado redobrado . A escolha do tipo de shampoo se torna ainda mais importante quando se trata de um gato sem pelo. O mais recomendado é usar o produto indicado pelo veterinário. Geralmente os mais usados são os neutros. Já a alimentação é a mesma dos outros bichanos, porém em maior quantidade. 

Principais características 

O gato sem pelo costuma ser muito carente e divertido
Reprodução Pinterest
O gato sem pelo costuma ser muito carente e divertido

Os Sphynx são gatos muito brincalhões, inteligentes e leais. Carentes, não podem ficar por longos períodos de tempo sozinhos e, dentro de casa, seguem seus donos em todos os lugares. Costumam sentir mais frio do que o normal. 

Gato sem pelo e pessoas com alergia 

Leia mais:  Como lidar com a alergia a gatos?

A raça é muito procurada por pessoas que tem alergia, mas o que elas não sabem é que o problema de saúde não é causado através do pelo do animal e sim pela saliva, urina, descamações da pele e outras secreções que acabam ficando preses na pelagem. Portanto, a única diferença é que o gato sem pelo libera essas substâncias para o ambiente, ou seja, também pode causar alergias. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.