Tamanho do texto

A cadeira de rodas garante que o animal deficiente possa ter uma vida normal, mas é preciso ter alguns cuidados com o equipamento

Além de possíveis acidentes que possam ferir as pernas ou coluna dos cães e debilitar os seus movimentos, uma série de doenças podem se desenvolver e gerar problemas de locomoção. Nesses casos, comprar uma cadeira de rodas para cachorros é essencial para manter a saúde e conforto do animal. 

Leia mais:  Vai adotar um cachorro deficiente? Confira cuidados necessários

Apesar de ser possível construir uma cadeira de rodas para cachorros em casa, é recomendado que esse equipamento seja encomendado com uma empresa especializada. Se informar a respeito desse acessório é um passo importante para garantir a saúde do animal. Os donos de pets precisam ter em mente que o seu cão não está livre de sofrer com isso, principalmente conforme ele for ficando velho. 

A cadeira de rodas para cachorro é a melhor alternativa para que um animal deficiente leve uma vida normal.
Reprodução/ Shutterstock
A cadeira de rodas para cachorro é a melhor alternativa para que um animal deficiente leve uma vida normal.


A importância de uma cadeira de rodas para cachorros

Um dos principais motivos para recorrer a cadeira de rodas é que o equipamento ajuda o animal a se manter ativo. Cães em cadeiras de rodas podem usufruir da sua rotina normalmente, passeando em parques, praças e ruas normalmente - desde que isso esteja dentro dos limites que o seu veterinário permitir. Isso evita a indisposição e a obesidade, características de animais com problemas de locomoção. 

Também há o benefício psicológico para o pet. Não é fácil perder a mobilidade, e os animais também sentem isso. Com o uso do equipamento o bichinho poderá se adaptar a sua nova situação e levar a sua vida normalmente, sem se sentir preso ou limitado. Isso pode ajudar a evitar a depressão canina e o estresse. 

Veja também:  Pug fofíssima tem os melhores trajes com sua cadeira de rodas!

Como o equipamento funciona?

A cadeira de rodas funciona como um suporte para aqueles que têm dificuldade de locomoção, seja nas patas dianteiras ou traseiras. O equipamento pode ser usado tanto por animais que não tem os membros, possuem de deformações ou perda total ou parcial da mobilidade.

Ele é encaixado no pet - geralmente com suportes em seu peitoral - e possui rodas que auxiliam na movimentação do animal. Em muitos modelos os membros deficientes ficam suspensos para evitar que encostem no chão e machuquem o cão.

A escolha do produto deve ser feita sob a supervisão de um médico veterinário. Ele conseguirá identificar a deficiência, indicar o modelo de cadeira ideal assim como o seu tamanho. O equipamento deve ter as medidas certas, garantindo assim que o cachorro mantenha a postura.

A cadeira de rodas para cachorros precisa ser feita sob medida
Reprodução/ Shutterstock
A cadeira de rodas para cachorros precisa ser feita sob medida


Segundo os veterinários, o animal nunca deve passar o dia inteiro com a cadeira de rodas ou usá-la sem a supervisão de um humano. Dependendo da maneira que ele se movimenta o equipamento pode sobrecarregar o abdômen e outras partes do corpo, chegando até mesmo a causar novas lesões que pioram  o problema.  O recomendado é que ela seja usada apenas durante passeios, seja  quatro períodos de 15 minutos ou dois períodos de 30 minutos, ficando a critério do dono ou segundo a orientação do especialista.

Leia mais:  Cadela com condição rara precisa de cadeira especial para comer

Jamais abandone ou sacrifique um animal por conta do seu problema. Ter e cuidar de um cão com deficiências é um ato de puro amor. Em muitas cidades ONGs prestam auxílio ao pet e constroem a cadeira de rodas para cachorros gratuitamente. Se informe nas instituições mais sérias da sua região.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.