Tamanho do texto

A rede se serviços de limpeza e cuidados Maria Brasileira preparou essas dicas simples para ajudar os donos

Os pets são fofos, carinhosos, fiéis e companheiros, mas não costumam combinar com casa limpa. Eles não têm a mesma noção de higiene que nós, então não ligam de passear pelos cômodos com as patas sujas de terra, por exemplo. É por isso que manter a limpeza da casa é um verdadeiro desafio para os donos de animal de estimação. 

Leia também: Aprenda a dar banho a seco em seu gato para mantê-lo sempre limpinho

Pensando nisso, João Pedro Lucio, coordenador técnico da Maria Brasileira, rede de franquias de serviços de limpeza e cuidados, preparou um guia com cinco dicas para manter a limpeza de casas com pets . São instruções bem simples, como usar o produto adequado, manter o ambiente arejado, investir no aspirador, entre outros. Confira abaixo e conserve sua casa limpa

1) Usar produtos de limpeza próprios para casa com pet

Utilize produtos específicos para casas com animais para eliminar o cheiro forte
reprodução shutterstock
Utilize produtos específicos para casas com animais para eliminar o cheiro forte


Quando há um pet dentro de casa é difícil evitar que seu cheiro impregne no ambiente. Para eliminar esse odor ruim, João Pedro recomenda manter utilizar desinfetantes com essa finalidade. Segundo ele, produtos feitos para retirar o cheiro de animal possuem três tipos de moléculas de perfume.

Desta forma, além de desinfetarem o ambiente , seu cheiro permanece por mais tempo. "O ideal é sempre optar por produtos feitos à base de amônia quaternária e fragrâncias como cítrico, citronela, herbal e lavanda", indica.

Além disso, esses produtos não fazem mal ao bichinho, diferente dos tradicionais e também desinfetantes ajudam a eliminar bactérias, fungos e vírus dos ambientes.

2) Ter o aspirador como melhor amigo

A queda de pelos é normal nos cães e gatos, porém se torna um problema quando a perda se intensifica
reprodução shutterstock
A queda de pelos é normal nos cães e gatos, porém se torna um problema quando a perda se intensifica


Pelos pela casa toda! Essa é a realidade de quem é dono. Por isso, segundo o especialista da Maria Brasileira, o aspirador precisa ser seu melhor amigo. O ideal é passar o aparelho nos cômodos ao menos três vezes por semana. "O pelo do animal também pode gerar um odor ruim nos ambientes, por isso é importantíssimo fazer uso do aspirador com frequência", indica.

Além do aspirador, existem outras dicas para ajudar na redução da queda de pelos. Se o pet costuma subir no sofá, é indicado forrar com uma manta para evitar que os fios grudem no estofado ou na roupa das pessoas. "Mas, caso isso aconteça, tenha sempre por perto um rolo adesivo ou uma simples fita crepe para eliminar os pelos das vestimentas das visitas."

Leia também: 9 mitos sobre banho em cães que os donos acreditam ser verdade

3) Manter o ambiente arejado

Não adianta manter a casa limpa se o ambiente não é arejado. Sempre que puder abra as janelas para o ar circular
reprodução shutterstock
Não adianta manter a casa limpa se o ambiente não é arejado. Sempre que puder abra as janelas para o ar circular


O profissional aconselha sempre deixar as janelas abertas para circulação do ar. "De nada adianta limpar, desinfetar e aspirar se o ambiente estiver sempre fechado. O ar precisa entrar", afirma.

4) Lavar os pertences do animal

Lave os utensílios do animal frequentemente para evitar o mau cheiro
reprodução shutterstock
Lave os utensílios do animal frequentemente para evitar o mau cheiro


Todos os utensílios do animal devem ser lavados com frequência, seja caminha, cobertores, brinquedos ou recipientes de alimentação. Itens de dormir devem ir para a máquina uma vez por semana, já o comedouro e bebedouro precisam de higiene diária. 

"O cheiro do animal fica impregnado em tecidos e estofado, por isso é importantíssimo higienizar com frequência o local onde ele dorme. Seja a própria caminha ou o lençol dos donos, quando o pet dorme na cama", comenta. A falta de higienização deixa um cheiro nada agradável, que acabará se espalhando pelos outros cômodos. 

5) Limpar o "banheiro" do animal todos os dias

O mau cheiro na caixa de areia é um problema de atinge muitos donos de gatos
Reprodução Pinterest
O mau cheiro na caixa de areia é um problema de atinge muitos donos de gatos


O local que o animal faz suas necessidades precisa ser limpo todos os dias. Deixe a limpeza pesada para o fim de semana. O ideal é passar um pano com desinfetante ao final do dia para que o cheiro não fique impregnado no local. "Se na casa tiver gatos, a caixa de areia deve ser trocada diariamente. Esta é a melhor forma de manter o ambiente sempre limpo", finaliza João.

Leia também: Conheça 10 odores comuns nas casas que os gatos odeiam

Seguindo essas dicas simples você conseguirá manter a casa limpa e cheirosa,  sem abrir mão dos momentos com o animalzinho.