Tamanho do texto

O canil deve ser construído na parte externa da casa e seguir algumas orientações de segurança para garantir o bem estar do pet

A palavra canil pode não trazer uma imagem muito positiva, mas quando bem planejado e cuidado, esse espaço pode ser o preferido dos cachorros que vivem no quintal da casa. Assim como os humanos precisam de uma cantinho só deles para descansar, os cães que não vivem dentro de casa com os donos também precisam. 

Leia mais:  Brincadeiras para cachorro: 9 atividades para praticar dentro de casa

O canil é uma área reservada especificamente para o cachorro na parte externa da casa. Ele precisa ter um canto coberto, onde o animal possa descansar e se alimentar, assim como um espaço ao ar livre onde o pet consiga tomar sol e brincar.

A construção do canil

Área interna

O tamanho da área interna vai variar de acordo com o porte do animal.

  • Porte grande:  Para animais de porte grande, como o Dogue Alemão, faça com uma área coberta de 4m² e altura de 1 metro e meio.
  • Porte médio:  Animais de porte médio, como o Boxer, precisam de uma área coberta de 2,5m² e altura de 1 metro.
  • Porte pequeno:  O Poodle Toy, e outros pets de porte pequeno, ficarão confortáveis em uma área de 1 m² e altura de 60 cm. 

O material mais indicado para a construção é a alvenaria (blocos de concreto), entretanto opções de madeira podem ser consideradas desde que sejam livres de farpas e pregos. 

É importante que o cão que não vivem dentro de casa tenha um canil.
Reprodução/ Shutterstock
É importante que o cão que não vivem dentro de casa tenha um canil.














Veja também:  Você sabe como preparar sua casa para receber um novo cachorro?

A construção do canil

Na hora de construir o espaço é preciso considerar uma série de coisas, entre elas o isolamento, espaço físico, manejo, limpeza e ventilação do local. O mais aconselhável é que se construa o canil em direção ao oeste, de modo que o sol atinja o espaço na parte da manhã. 

  • Piso: Na área interna materiais como a cerâmica vão facilitar a limpeza. Já na parte externa do alojamento escolha um piso ligeiramente áspero, de modo que os animais não escorreguem - especialmente quando estiver molhado. Mas cuidado com superfícies que acumulam muita sujeira. Um bom material é o cimento queimado. 
  • Área externa:  A parte externa do canil deve ter no mínimo 4 metros, de modo que o cão consiga brincar. Certifique-se de que o sol atinja essa área com regularidade durante o dia. 
  • Grades:  Use alvenaria até certa altura (algo entre 50 e 80 cm) e depois instale grades de ferro, permitindo assim melhor passagem de sol e ventilação. Evite materiais de arame pois os mesmo podem ser roídos. A altura ideal é de, no mínimo, 2,10 m. 
  • Telhado:  Para um maior conforto térmico para o pet, use telhas de barro. Deixe pelo menos 1 metro de telhado cobrindo a área externa. Esse ponto será a área de alimentação do pet. Fixe o seu recipiente de água no chão, de modo que ele não o leve para dentro e molhe a sua cama. 
  • Esgoto:  Na área interna instale uma rede de esgoto que desemboque no sistema da casa, facilitando assim a limpeza.
  • Portas:  Faça as portas de um material bem resistente, de modo que os cães não consigam estragá-la com facilidade. Madeira maciça pode ser uma boa escolha, pois abafa bem os barulhos e não retém tanto calor como portal de metal. 

É interessante fazer as portas em um sistema de "guilhotina", de modo que ela possa ser aberta e fechada do lado de fora do canil. Isso é especialmente útil em casos de cães agressivos, fazendo com que qualquer pessoas possa trancá-lo na parte interna antes de trocar a água e realizar a limpeza. 

Onde construir um canil?

Se for possível, considere construir o alojamento nos fundos da casa. Evitando assim que o animal se estresse constantemente com os sons da rua. Plantar árvores perto do espaço também é uma boa opção, garantindo uma melhor qualidade de vida para o pet.

Leia mais:  Agressividade de cães: é possível melhorar?

Não se deve tratar um canil como uma prisão! O ideal é que o cachorro fique solto na maior parte do dia. Mantenha o local sempre limpo e seco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.