Muitos cãezinhos que já sabem o lugar certo do xixi acabam fazendo no errado quando uma visita chega na casa, por exemplo

Olá, amigos do Canal do Pet, tudo bem? O seu cachorro faz xixi no lugar  que está quando recebe um carinho, por exemplo?

O cachorro faz xixi de excitação ou de medo
shutterstock
O cachorro faz xixi de excitação ou de medo

Não é raro ouvir tutores comentando sobre  aquelas gotinhas de xixi que o cão deixa escapar em algumas situações. Isso ocorre especialmente com filhotes em momentos de muita excitação. Muitos acreditam que o cachorro faz xixi de alegria, mas pode ser um sinal de medo ou insegurança também, o que não é nada legal para o bichinho.

Xixi por excitação

Este é um comportamento bastante comum em filhotes e geralmente ocorre quando os tutores ou visitas chegam perto. O cachorro se mostra bastante agitado, eufórico, chega a chorar e arfar de tanta ansiedade por um momento de interação e, aí, escapam algumas gotas de xixi.

Xixi por medo

O comportamento pode acontecer também quando o cachorro está em uma situação que pode parecer assustadora para ele, como, por exemplo, uma pessoa estranha se aproximando rapidamente, olhando-o fixamente e colocando as mãos em sua cabeça.

Alguns cães podem se sentir inseguros e demonstrar sinais de submissão, um deles é fazendo xixi, acompanhado de uma postura de se deitar ou se abaixar com a cabeça bem próxima ao chão.

O que fazer?

Com o xixi por medo

Em ambos os casos, a melhor solução é evitar cumprimentos muito agitados para o cão, especialmente se for filhote. Para o comportamento de fazer xixi por medo , vale a pena pedir para que a visita espere que o cão se aproxime da pessoa no ritmo dele, sem forçá-lo, evitando olhar fixamente nos olhos ou tentar pegá-lo no colo.

Nesses casos de xixi por medo, é importante treinar o cachorro para que se torne mais confiante diante da aproximação de pessoas, ou seja, ele deve passar a associar as aproximações com coisas bacanas para ele. Em um momento como esse, a sociabilização é muito importante. 

via GIPHY

A melhor forma de fazer isso é pedir para que as pessoas se sentem no chão, sem olhá-lo nos olhos, e oferecer para ele coisas bem gostosas para comer, falando com voz calma. Com uma dose de paciência, o cão acaba se aproximando, e cada vez mais depressa, à medida que os treinos progridem.

É muito importante pedir que as visitas também não se aproximem de forma amedrontadora, tampouco falando alto. O cachorro precisa associar que as pessoas não são perigosas.

Com o xixi por excitação

Quanto ao xixi por excitação , a aproximação também deve ser tranquila, mas o objetivo agora é deixar o cão calmo. Se ele já souber comandos básicos , é recomendado pedir a ele para se sentar, por exemplo, e recompensá-lo com um carinho ou petiscos, com voz baixa e tranquila.

É importante ser consistente nessas atitudes, pois, quanto mais o cão associar que a chegada dos tutores ou visitas é um momento de muita euforia, mais o comportamento tende a piorar.

Nos dois casos, não é recomendado ficar bravo com o filhote quando ele não se aguenta e faz xixi, pois uma bronca nesse momento possivelmente aumentará o medo ou a ansiedade do cão.

Em geral, o comportamento de fazer xixi por medo ou excitação costuma desaparecer com a maturidade. Mas é sempre bom ficar atento e insistir nas medidas acima, para evitar que o problema se prolongue. E lembre-se do principal: a saída nunca é brigar quando o cachorro faz xixi nesses casos, 

Um abraço,

Alexandre Rossi.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.