Adotar um animal é uma decisão que precisa ser muito bem pensada e decidia, o animal deve se encaixar perfeitamente na rotina do dono

Tirar um animal do abrigo, dar uma vida nova ao peludo e mudar a rotina dele  é um ato louvável. Mas, adoção é assunto sério. Para dar esse passo é preciso ter alguns cuidados, como, por exemplo, conhecer um pouco o temperamento do animal.

A adoção de vira-latas é um gesto muito nobre
Reprodução Pinterest
A adoção de vira-latas é um gesto muito nobre

Outro ponto importante é pesquisar bem o local da adoção e a forma com que cuidam dos bichinhos, fora as condições em que se encontram. Normalmente, os animais colocados para doação em abrigos são vacinados e castrados. Algumas dúvidas surgirão e ter alguém para saná-las é enssencial. Uma das perguntas mais frequentes é em relação ao tamanho que o bichinho chegará o que é difícil ter certeza, a não ser que ele já seja um adulto.

Quando for adotar um amigo, não leve em conta a idade dele. Afinal, os c ães estão aptos a aprender em qualquer idade. Animais adultos também podem ser ótimas companhias. Já os filhotes são como crianças, ou seja, precisam de atividades constantes, de brincadeiras, passeios e treinos.

Antes de tomar qualquer decisão, converse com amigos, familiares e profissionais. Levar um animalzinho para casa exigirá muita responsabilidade. Quando a adoção é concretizada, é importante que o novo dono saiba quais são os seus compromissos com a alimentação do pet, higiene, saúde e bem-estar.

Ao mudar de ambiente, o seu novo amigo precisará de um tempo para se adaptar. Como a mudança de local é repentina, é preciso minimizar ao máximo o estresse, fazendo companhia e cuidando bem da alimentação do bichinho . Uma ótima dica no início é passar bastante tempo com o animal na residência, para facilitar a adaptação à casa.

Não podemos esquecer de manter o espaço livre de objetos que ofereçam risco. É importante também que produtos de limpeza, plantas tóxicas e fios de aparelhos eletrônicos estejam fora do alcance do pet. Se estiver levando um gato para a casa, é importante colocar tela de proteção nas janelas, para evitar acidentes.

A educação deve fazer parte da vida do animal, assim como é parte de nossas vidas. Quanto mais o cachorro aprende, mais prazeroso se torna o convívio dele com as pessoas e sociedade.  Boa sorte e parabéns pela decisão da adoção. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.