Muitos donos de cachorro já estão acostumados a chegar em casa e encontrar tudo bagunçado, mas esse problema pode ter solução

Seu cãozinho é daqueles que basta um pequeno período sozinho para se tornar um destruidor? Os móveis, almofadas, chinelos ou qualquer objeto que não seja o brinquedo dele se tornam alvos. Depois, quando você chega em casa, ele ainda faz aquela carinha de "culpa" que te desmonta. Existem motivos para esse comportamento e algumas formas de lidar com o problema de comportamento

Cães destruidores são um grande problema para os donos
Reprodução Pinterest
Cães destruidores são um grande problema para os donos

Uma das principais causas para a destruição de objetos inapropriados é a falta de atividades. Cães destruidores , em sua grande maioria, possuem muita energia e os donos precisam proporcionar uma rotina de atividades que os desafiem física e mentalmente, para que tamanha energia seja gasta de forma positiva e saudável. Caso contrário, ele encontrará um jeito de se "divertir" sozinho, podendo causar alguns problemas. 

Se coloque no lugar do bichinho: você está em casa, sem sono, energia elétrica, companhia, internet ou um livro. Provavelmente, depois de algum tempo, não muito, o tédio irá tomar conta de você. Com os nossos peludos isso também acontece. Por isso é as atividades diárias são tão importantes, elas deixarão o cão menos ansioso e estressado, mais saudável, confiante e feliz, evitando, assim, que ele busque entretenimento em objetos proibidos. 

Existem várias causas para cães destruidores
Reprodução Pinterest
Existem várias causas para cães destruidores

O passeio se enquadra em uma dessas atividades fundamentais e indispensáveis. É o momento que o cão tem para se conectar com o mundo, socializar com outros animais e pessoas. Além dos passeios diários, o enriquecimento ambiental também é essencial. Isso significa transformar o ambiente em que o cão vive em um local mais divertido e desafiador.

Uma das diversas formas de enriquecimento ambiental e que estimulará o animal, por exemplo, é oferecer a porção de ração do dia em uma garrafa pet com pequenos furos, que permitam que a ração caia conforme o cão interage com ela. Lembrando sempre da segurança, retire o lacre e o rótulo da garrafa e fique perto do animal para garantir que ele não coma pedaços dela.

Um cão que recebe atividades e desafios diários tem uma tendência muito menor a buscar o alívio do tédio na destruição de objetos. Além dessas dicas, se o seu cão for um filhote, lembre-se de que ele está na fase da troca de dentição e ocorre uma irritação na gengiva , o que faz com que aquela cadeira da sala de jantar seja superatrativa para o alívio dessa coceirinha.

Por isso, é superimportante ter à disposição brinquedos de texturas e formatos diferentes que possam ser destruídos. Oferecer o brinquedo gelado também ajuda bastante a aliviar a irritação, e se ele puder ser recheado com petiscos melhor ainda, será um atrativo a mais. 

Investir tempo em atividades saudáveis e interação com cães destruidores, além de trazer benefícios para a qualidade de vida, resolverá o problema e proporcionará uma convivência mais feliz e harmoniosa entre toda a família.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.